quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Kia Motors atinge vendas globais de 252.254 veículos em setembro

A Kia Motors Corporation anunciou os números de vendas globais de setembro de 2017 para veículos de passageiros, veículos recreativos e veículos comerciais, registrando um total de 252.254 unidades vendidas.

Em setembro, as vendas no mercado doméstico da Coreia totalizaram 48.019 unidades, representando um crescimento de 25,4% em relação ao mesmo mês do ano passado. 

KIA SPORTAGE
O aumento se deve, em grande parte, à diferença de datas do feriado de Chuseok, um dos mais importantes da Coreia, que no ano passado ocorreu em setembro e em 2017 foi celebrado no início de outubro. As vendas no exterior também aumentaram 3,6% em relação ao ano anterior, com 204.235 unidades.

O modelo mais vendido da Kia nos mercados do exterior em setembro de 2017 foi o SUV Sportage, com 37.746 unidades vendidas. O sedan Cerato (conhecido como 'Forte' ou 'K3' em alguns mercados) foi o segundo melhor nas vendas, com 28.793 unidades comercializadas, seguido do Rio (conhecido como 'Pride' na Coreia), com 24.760 unidades vendidas. 

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Embraer Anuncia Encomenda de Seis A-29 Super Tucano para um Cliente Não Revelado

A Embraer anunciou a pedido da empresa de seis (seis) aeronaves de ataque e treinamento avançado A-29 Super Tucano para um cliente não revelado. 

Como aeronaves, seriam necessários para treinamento tático e avançado, bem como em missões de ataque e ISR (inteligência, vigilância e reconhecimento). 

As entregas são concluídas em 2018. O A-29 Super Tucano é uma aeronave turboelice durável, versátil e potente capaz de executar uma ampla gama de missões, mesmo operando em pistas não preparadas. Em mais de dez anos de operação, o Super Tucano já alcançou um excelente histórico de desempenho: mais de 320 mil horas de voo e mais de 40 mil horas de combate. 

Com mais de 150, de acordo com as normas avançadas em sistemas eletrônicos, eletro-ópticos, infravermelho e laser, assim como sistemas de seguros seguros com ligação de dados e uma capacidade inigualável de armamentos.

Embraer confirma entrega do primeiro E190-E2 em abril de 2018

A Embraer confirmou hoje que a primeira entrega do E190-E2 para Widerøe, cliente-lançador da aeronave, ocorrerá em abril de 2018. O anúncio foi feito em uma coletiva de imprensa em Atenas, Grécia, durante a Assembleia Geral da Associação de Companhias Aéreas Regionais Europeias (ERA, em inglês, www.eraa.org). A Widerøe, maior companhia aérea regional da Escandinávia, iniciará operações regulares com a aeronave pouco tempo após a entrega.

 “Desde que o programa foi lançado, o primeiro semestre de 2018 tem sido nossa meta, e agora estamos próximos de cumprir esse compromisso. Isso só foi possível graças à excelência dos processos de engenharia e também à nossa experiência única na certificação de 12 novas aeronaves nos últimos 17 anos”, disse John Slattery, Presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial. “Desde o começo, o programa E2 esteve e permanece no prazo, dentro do orçamento e está ainda melhor do que a especificação inicial. Entregaremos ao mercado uma aeronave madura e robusta.

” A Widerøe assinou um contrato com a Embraer para até 15 jatos E2 que consiste em três pedidos firmes para o E190-E2, primeiro integrante da segunda geração da família de E-Jets, além de direitos de compra 12 E2s. O pedido tem um preço de lista potencial de até USD 873 milhões, se todos os direitos de compra forem exercidos. A companhia aérea vai configurar o E190-E2 em um confortável layout de classe-única com 114 assentos.


Stein Nilsen, CEO da Widerøe, afirma que “estamos trabalhando muito próximos às equipes da Embraer com o objetivo de garantir uma entrada de serviço suave. Estamos ansiosos pelos próximos meses, quando será intensificada a familiarização com a aeronave, com imersão de treinamento para as equipes técnicas e de movimentação de solo, operadores em voo e comissários de voo.”

Daily City 30S13 é a nova opção da IVECO para o mercado de cargas fracionadas

A IVECO possui uma gama  versátil de veículos comerciais leves, que vai de 3,5 a 7 toneladas de Peso Bruto Total Técnico, nas versões chassi cabine simples, cabine dupla e furgão. A linha Daily é a referência por sua robustez, conforto e pela força do conjunto no transporte urbano.

Focando o crescimento do segmento de carga fracionadas, como o e-commerce, a IVECO, marca da CNH Industrial, apresenta a Daily City 30S13, nas versões chassi cabine e furgão. O veículo possui PBT Técnico de 3,5 toneladas e tem livre circulação em grandes cidades por estar na categoria comercial leve, que permite ao motorista a utilização de carteira de motorista B.

Karina Esteves, gerente de Marketing de Produto da IVECO, destaca que o aumento da ocupação em áreas urbanas, onde 85% dos brasileiros vivem e 70% do PIB do país é gerado, trouxe novas necessidades e comportamentos, principalmente com a disseminação do acesso à internet por meio de celulares e tablets

Atendendo essa crescente tendência a montadora coloca no mercado, a partir do primeiro trimestre de 2018, mais uma Daily com vocação para o transporte urbano de cargas. “A marca já oferece a versão 35S14, destaque nas operações urbanas, agora, com a Daily City, vamos ampliar nossa participação nesse segmento do transporte”, afirma a executiva.

Fabricado no Complexo Industrial da IVECO em Sete Lagoas (MG), a Daily City 30S13 tem altura reduzida que proporciona maior conforto para o acesso do motorista na cabine. Outro destaque é a facilidade para carga e descarga, o que permite melhor acesso a docas e garagens com limitação de altura.

O modelo é mais leve, com redução da tara para um aumento da capacidade de carga útil. A potência e o torque se devem ao novo motor da FPT Industrial, F1A de 2,3 litros, já consagrado na Europa e mais adequado a ciclos urbanos, proporcionando economia de combustível. O propulsor tem a maior potência da categoria, que varia de 150 a 170 cavalos, e conta com a tecnologia EGR, que dispensa o uso de Arla.


JOGOS DE PNEUS SELECIONADOS POR PILOTO PARA O GRANDE PRÊMIO DO MÉXICO

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) informou à Pirelli as escolhas de pneus de cada equipe para o Grande Prêmio do México, que será realizado entre os dias 27 e 29 de outubro de 2017.

IVECO inicia ciclo de lançamentos ao comemorar 20 anos no Brasil

A Fenatran chega à sua vigésima primeira edição com a expectativa de que a feira seja o momento das empresas apresentarem ao público mais do que lançamentos, e sim como se prepararam para uma nova realidade no mercado. 

A IVECO completa 20 anos de operação no país e fez a lição de casa.  Durante o evento a montadora apresenta novas opções nas linhas Daily e Tector, séries personalizadas da Daily e do Hi-Way, em alusão ao aniversário da marca, e anuncia o investimento de 120 milhões de dólares no desenvolvimento de novos produtos, em um período de 24 meses, a partir do segundo semestre de 2017 até o primeiro semestre de 2019.

A IVECO chegou ao Brasil em 1997 com a abertura de um escritório, em São Paulo (SP), que revendia caminhões produzidos na Europa. Em 2000 a montadora inaugurou o Complexo Industrial em Sete Lagoas (MG), e começou a produção com a Daily. Hoje o portfólio da marca conta com veículos comerciais, veículos para o transporte de passageiros e veículos de defesa.

Parte dessas soluções estão na Fenatran, como a nova Daily City 30S13, nas versões chassi cabine e furgão, pronta para atender o mercado de cargas fracionadas em centros urbanos com restrições de circulação. O modelo estará à venda a partir do primeiro trimestre de 2018. Na linha Tector a IVECO apresenta, além do recém-lançado Tector Auto-Shift, os modelos 80-190 e 110-190, que serão comercializados a partir do último trimestre de 2018. Com isso, a marca reforça a presença no segmento de médios, que engloba aplicações urbanas e específicas, como distribuição de bebidas, construção civil, entre outras.

No pós-venda, área que tem recebido cada vez mais atenção da marca, ações como o lançamento da linha de peças NexPro e os planos de Revisão com Preço Fixo mostram como a IVECO trabalha para atender cada vez melhor transportadores e autônomos

As novidades expostas na Fenatran demonstram que a IVECO está preparada para a retomada da economia. Se o mercado interno dá sinais de recuperação, as vendas para o exterior continuam sendo uma opção para expandir a participação da marca no setor.


A Fenatran é a maior vitrine do continente para os segmentos de caminhões, implementos rodoviários, equipamentos, acessórios, autopeças, produtos e serviços para a gestão, rastreamento e manutenção. O evento acontece dos dias 16 a 20 de outubro, na capital paulista, no São Paulo Expo.

HERO Push: votação aberta para décima etapa da Stock Car

O autódromo de Tarumã tem um papel importante nos quase 40 anos de história da Stock Car. Foi no circuito localizado em Viamão (RS) que a principal categoria do automobilismo brasileiro realizou sua primeira corrida, em 1979, com a vitória de Affonso Giaffone Jr. A lenda Ingo Hoffmann é o piloto que mais venceu no circuito gaúcho, com oito triunfos. Entre os atuais competidores, Cacá Bueno tem três vitórias (2004, 2008 e 2015), seguido por Julio Campos (2014 e 2016). Thiago Camilo (2012), Daniel Serra (2013), Antonio Pizzonia (2014), Allam Khodair (2015) e Max Wilson (2016) venceram uma vez cada.



No próximo dia 22 de outubro o circuito gaúcho chega a 35 corridas de Stock Car no currículo e o público já pode ajudar os pilotos a ter uma força extra para brigar pela vitória. A eleição HERO Push premia os três pilotos mais votados com um push adicional – botão utilizado pelos competidores para gerar aumento de potência no motor e velocidade para atacar ou se defender durante a prova – e os fãs da categoria tem até às 13h20 do domingo da etapa para eleger os três pilotos que receberão o benefício. Os vencedores serão conhecidos na formação do grid para a segunda prova.

Para votar nos seus pilotos favoritos basta acessar o site oficial www.heropush.com.br, logar com o Facebook e escolher três pilotos. Para o voto ser confirmado, é preciso aguardar o carregamento do botão – segurando o clique sobre o logo do HERO Push.

A programação de pista da categoria no Rio Grande do Sul começa na sexta-feira, dia 20, quando os pilotos divididos em grupos realizam dois treinos livres,  o primeiro das 10h40 às 11h45, e o segundo, das 16h00 às 17h05.


Sexta-feira, 20 de outubro
08h30 - 09h05 – 1º Treino Livre (Grupo 1) Copa Petrobras de Marcas

09h10 - 09h45 – 1º Treino Livre (Grupo 2) Copa Petrobras de Marcas
10h00 - 10h10 – Shakedown (Grupo 1) Stock Car
10h15 - 10h25 – Shakedown (Grupo 2) Stock Car
10h40 - 11h10 – 1º Treino Livre (Grupo 1) Stock Car
11h15 - 11h45 – 1º Treino Livre (Grupo 2) Stock Car
11h55 - 12h30 – 2º Treino Livre (Grupo 1) Copa Petrobras de Marcas
12h35 - 13h10 – 2º Treino Livre (Grupo 2) Copa Petrobras de Marcas
13h40 - 14h40 – 1º Treino Livre CLA 45 AMG Cup
14h50 - 15h50 – 1º Treino C 250 Cup
16h00 - 16h30 – 2º Treino Livre (Grupo 1) Stock Car
16h35 - 17h05 – 2º Treino Livre (Grupo 2) Stock Car

Sábado, 21 de outubro        
08h45 - 09h15 – 3º Treino Livre (Grupo 1) Stock Car
09h20 - 09h50 – 3º Treino Livre (Grupo 2) Stock Car
10h00 - 10h10 – Warm-up Copa Petrobras de Marcas
10h10 - 10h20 – Classificação Copa Petrobras de Marcas
10h30 - 11h30 – 2º Treino Mercedes-Benz Challenge
12h00 - 13h00 – Classificação Stock Car
14h00 - Largada (Corrida 1) Copa Petrobras de Marcas
15h00 - 15h20 – Classificação CLA 45 AMG Cup
15h30 - 15h50 – Classificação C 250 Cup
16h10 - 17h10 - Volta Rápida na Pista


Domingo, 22 de outubro
08h30 - Largada (Corrida 2) Copa Petrobras de Marcas

10h00 - Largada Mercedes-Benz Challenge
11h00 - 12h00 – Visitação aos boxes e Volta Rápida na Pista
13h00 - Largada (Corrida 1) Stock Car    
14h10 - Largada (Corrida 2) Stock Car

Novo BMW X3 chega ao Brasil no primeiro semestre de 2018

Apresentada mundialmente há pouco mais de um mês, durante o Salão Internacional do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha, a terceira geração do BMW X3 desembarca no Brasil no primeiro semestre de 2018. 

Design renovado e atraente, interior luxuoso e altamente conectado, além de características inovadoras estão entre os principais destaques do novo BMW X3. 

Desde o lançamento da primeira geração, pioneira no segmento de SAVs médios, em 2003, ele acumula mais de 1,5 milhão de unidades vendidas no mundo até o momento.

O ÔNIBUS E O TRANSPORTE COLETIVO SUSTENTÁVEL EM DESTAQUE

Enquanto no Brasil se discute, sem grandes avanços, a importância do ônibus na mobilidade e também o seu peso na poluição ambiental e no transporte sustentável, a partir do dia 20 de outubro, terá início em Kortrijk, na Bélgica, a 24ª edição da Busworld Europe, a maior e mais importante exposição e conferência mundial da indústria do ônibus. Este ano, serão 376 expositores de 36 países, no Kortrijk Xpo, centro de convenção com 51.230 m² de área.

As principais empresas do setor em todo o mundo estarão presentes e apresentarão as mais recentes novidades em produtos, serviços e em soluções para o maior desenvolvimento e utilização do ônibus como meio de transporte sustentável. Ao todo serão expostos 311 veículos, dos segmentos micro-ônibus, urbanos e rodoviários de dois andares.

A edição deste ano marca uma significativa mudança na indústria global do ônibus: a busca pela emissão zero e pela aplicação comercial dos veículos autônomos. Existe em todos os países da Europa uma forte demanda política pela adoção imediata de ônibus urbanos com emissões zero ou muito baixas. As tecnologias são as mais variadas e dependem da estratégia dos fabricantes, dos  100% elétricos aos híbridos, passando por movidos a gás, entre outras alternativas limpas, e a sua utilização aumentará drasticamente nos próximos anos.

A condução autônoma é outro tema muito mais real e próximo do que se imagina na América Latina. Vários veículos serão apresentados (com disponibilidade de test drive no evento) e existem diversos testes em andamento em todo o mundo, como o ônibus autônomo Citaro que a Mercedes-Benz já tem em utilização. A abertura contará com uma palestra Peter Hinssen, empresário belga e autor do livro 'The Day After Tomorrow', que debate o amanhã para a indústria de ônibus. Peter é um dos mais procurados líderes do pensamento em inovação radical, liderança e impacto de todas as coisas digitais na sociedade e nos negócios.

A edição 2017 da Busworld Europe também será a última realizada, em Kortrijk. A partir de 2019, o evento será transferido para Bruxelas por um motivo importante: o ônibus e o seu papel no transporte sustentável ganham, a cada ano, mais relevância na Europa e nos principais mercados do mundo, como a Ásia e a América do Norte. Mais de 70 empresas deixaram de participar da edição deste ano por falta de espaço no Kortrijk Xpo.

São esperados mais de 35 mil visitantes de cerca de 100 países para conhecer os mais recentes lançamentos e tecnologias para tornar o transporte coletivo por ônibus mais limpo, confortável, inteligente e, principalmente, seguro e eficiente. 

Além do ônibus 100% elétrico e dos motores diesel limpos, o evento deste ano terá como destaque as tendências que estão em evidência e testes avançados. Serão lançados aplicativos e tecnologias que tornam mais fácil para os passageiros localizar e usar os serviços de ônibus e pagar suas viagens. Dispositivos como cartões inteligentes e aplicativos de telefones celulares tornarão mais rápido e fácil usar ônibus. Eles contribuem de forma significativa para reduzir o tempo gasto nas paradas e na cobrança de tarifas. Isso, por sua vez, torna os serviços de ônibus mais rápidos e atraentes para os passageiros. Também os segmentos de equipamentos, componentes e o setor de suprimentos apresentarão novos produtos, compatíveis com ônibus de emissão baixa e zero.

Para nós, brasileiros, esse evento parece cada vez mais utópico em razão do total descompasso nacional com o foco na mobilidade, os sistemas de transporte inteligentes e eficientes e na contínua promoção, investimento e direcionamento para o transporte individual, mesmo quando se fala em veículos elétricos e híbridos.

A Bélgica investe em ônibus verdes e os dois maiores operadores do país anunciaram que só renovarão suas frotas de serviços urbanos e interurbanos com veículos de baixa emissão ou zero. Recentemente introduziram mais de 300 unidades híbridas elétricas, todas com sistemas de carregamento rápido. Em cada extremidade de uma rota os ônibus recebem uma carga rápida, de aproximadamente cinco minutos, que corresponde a 60% da energia necessária para o trajeto.

Enquanto isso, aqui nas maiores cidades do Brasil estamos debatendo se iniciamos um programa para redução dos ônibus movidos a diesel, tão nocivos à saúde e nos deparamos com a dura realidade de que se a qualidade melhorasse, em São Paulo 80% das pessoas trocariam o veículo particular pelo transporte público. 

O levantamento realizado pela Rede Nossa São Paulo também apontou que 47% dos entrevistados usam ônibus para se locomover, sendo o meio de transporte mais utilizado na cidade. Apesar disso, a maioria deles relata que a tarifa é alta e a qualidade dos veículos não atende as expectativas dos passageiros. Lotação, tempo excessivo de viagem, de espera e as questões de conforto e segurança são os maiores problemas e impeditivos.


O Busworld Europe (Kortrijk), a maior exposição de ônibus do mundo é realizada desde 1971. É dedicado exclusivamente à indústria do ônibus e não participam outros tipos de veículos comerciais ou outros modais de transporte. Em 2015, a Busworld Europe recebeu 342 expositores, provenientes de 32 países. Eles foram visitados por quase 35 mil visitantes, provenientes de 118 países.

MAN Latin America participa da Fenatran com o maior número de novidades em sua história

Com o maior número de novidades em sua história, com atrações desde o segmento leve até o extrapesado, a MAN Latin America desembarca na 21ª edição da Fenatran, Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Cargas – que acontece até o dia 20 de outubro deste ano, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center.

A nova família Delivery faz seu lançamento mundial e apresenta seu integrante elétrico, o e-Delivery, que vai começar a operar nas ruas do país no próximo ano em clientes estratégicos.

Entre os extrapesados os holofotes voltam-se ao protótipo Constellation 33.440 Tractor, que celebra a sinergia do grupo VW Truck & Bus ao reunir, num mesmo veículo, o moderno chassi e motorização MAN com a renomada cabine Constellation, num projeto totalmente novo e concebido em parceria entre a engenharia brasileira e alemã. Destinado às operações de cana-de-açúcar e madeira, o veículo atende a uma aplicação tipicamente brasileira.

A linha Constellation traz também outras novidades que ampliam a produtividade com novas versões 8x2, além do pacote Robust, que combina robustez ao melhor valor de aquisição para as mais diversas aplicações, e estreias entre os vocacionais Compactor, Constructor e Canavieiro.

Para cargas sensíveis e otimizadas, como 30 pallets, a grande novidade é o VW Constellation 25.420 6x2 Pusher com suspensão pneumática integral. Conforto e dirigibilidade são palavras de ordem no modelo, que chega com entre eixo mais curto, atendendo ao segmento de 30 pallets com a mesma capacidade do tanque de combustível que o consagrado VW Constellation 25.420 6x2.


O MAN TGX 29.480 Crossover marca presença, com a melhor solução para as rotas mistas, asfalto e terra, que colocam à prova robustez e flexibilidade.

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Wagner Gonzalez em Conversa de pista


Wagner Gonzalez
Quando o trote assusta o calouro

Marko obrigado a engolir orgulho

Red Bull faz segunda chamada

Chile mostra circuito da F-E

O austríaco Helmut Marko tem fama de ser tão sutil quanto um búfalo andando em uma loja de cristais. Não são poucos os sonhos que foram quebrados pela maneira pouco sutil com que ele trata dos interesses do programa de desenvolvimento de pilotos da Red Bull, one ocupa o posto de diretor, cargo de confiança que lhe foi dado pelo conterrâneo Dietrich Mateschitz, o bilionário proprietário da fábrica de energéticos. O brasileiro Sérgio Sette Câmara, que este ano disputa a F-2, é um dos que fez parte dessa academia mas que preferiu abdicar da “oportunidade”. Acredita-se que os nomes que vingam e chegam ao estrelato são obrigados, por contrato, a pagar uma porcentagem de seus salários quando alçam vôo e assinam com equipes concorrentes.

Apesar do grande número de jovens que estão incluídos na academia do touro que distribui asas, Marko foi obrigado engolir seu orgulho e autoritarismo para resolver um problema que ele não enxergou. Uma semana após colocar na geladeira o russo Daniil Kvyat para dar lugar a Pierre Gasly , Marko foi obrigado a chamar o russo de volta ao time de F-1. 

Tudo porque após muitos sinais de ter perdido a motivação em defender a Toro Rosso, o espanhol Carlos Sainz finalmente despediu-se da equipe no recente GP do Japão. Domingo que vem ele estréia pela equipe Renault no GP dos EUA, em Austin, Texas. Ele toma o lugar do inglês Jolyon Palmer que jamais mostrou competitividade semelhante à do alemão Nico Hulkenberg, primeiro piloto do time francês.

Marko havia dispensado Kvyat para dar lugar ao francês Pierre Gasly, nome já praticamente confirmado na equipe para 2018, quando o time usará motores Honda. Ocorre que o dirigente austríaco não contava com a exigência da fábrica japonesa em ver o francês alinhar na prova final da temporada japonesa de Super Fórmula, onde ele é o único representante da marca com chances de chegar ao título da categoria semelhante em performance à F-2 européia. Tal situação revelou que dentre os vários meninos da academia do touro vermelho não há ninguém em condição de disputar uma prova de F-1.

E foi assim que Brendon Hartley reapareceu no universo dos energéticos. Por enquanto, Hartley foi escalado para disputar apenas o GP dos EUA, mas o passo de Marko não deixa dúvidas que o o “kiwi” (como os neozelandeses são conhecidos no Reino Unido) poderá ser o novo carrasco de Kvyat, que no ano assado perdeu o posto de titular da Red Bull para o holandês max Verstappen. 

Currículo não falta ao piloto nascido em Palmerston North, principal cidade da ilha de Manawatu famosa por suas universidades: depois de dois testes para a Toro Rosso em 2009, ele enveredou por várias categorias e no ano passado venceu o Campeonato Mundial de Protótipos (WEC) e este ano triunfou em Le Mans. Se tudo conspira a seu favor, Daniil Kvyat parece cada vez mais perto de ser dispensado em definitivo: ainda que não haja não haja pilotos japoneses em condição de pedir a super-licença necessária para competir na F-1, uma boa atuação de Hartley em Austin poderá valer novas oportunidades neste ano e, se tudo der certo, render-lhe um contrato para disputar a temporada de F-1 de 2018.

Terra de nomes como Bruce McLaren, Chris Amon e Dennis Hulme, Hartley será o primeiro neo-zelandês a disputar um GP desde a passagem conturbada de Mike Thackwell pela categoria em 1980. Então com pouco mais de 19 anos ele chegou a alinhar par ao GP do Canadá de 1980 e escapou de um mútiplo acidente na largada que eliminou os dois titulares da equipe Tyrrell, Jean-Pierre Jarier e Derek Daly. Como Jarier era o primeiro piloto da equipe, Ken Tyrrell ordenou que Thackwell cedesse seu carro para o francês.   Uma nova tentativa fracassada de se classificar para o GP dos EUA, uma semana mais tarde, marcou o final de sua carreira na F-1.

A corrida de Austin pode definir o título da temporada: a combinação de vitória de Lewis Hamilton e Sebastian Vettel terminando em sexto lugar ou pior garante o quarto título do piloto inglês com três provas (Mexico, Brasil e Abu Dhabi) de antecipação.

Chile com carga total

Enquanto os chilenos já tem definido o lay-out do circuito que será usado na estréia do país no calendário da F_E, a categoria de carros elétricos, os organizadores da etapa de São Paulo pouco divulgaram sobre a corrida que marca a entrada do Brasil no universo dos carros elétricos de competição. O máximo que se sabe até agora é que a corrida acontecerá no circuito do Parque Anhembi, e adotará um circuito que utilizará boa parte semelhante ao que foi utilizado pela F-Indy.

Volkswagen anuncia Thomas Owsianski como 1º Vice-Presidente Executivo para a Região SAM (América do Sul)

A partir de 1º de novembro de 2017, Thomas Owsianski assumirá a posição de Primeiro Vice-Presidente Executivo da Volkswagen para a Região América do Sul (SAM), adicionalmente às responsabilidades atuais de Vice-Presidente de Vendas & Marketing SAM.  Owsianski também passará a responder pelas áreas de Estratégia SAM e Baureihe SAM (Planejamento e Implementação de novos produtos), reportando-se ao CEO e Presidente da Região SAM e Volkswagen do Brasil, Pablo Di Si.
 
Owsianski continua como membro da equipe de liderança de Vendas e Marketing Global da marca Volkswagen, reportando-se funcionalmente ao Board Member mundial de Vendas & Marketing da marca, Sr. Jürgen Stackmann.
 
Thomas Owsianski assumiu a posição de Vice-Presidente de Vendas & Marketing na Região América do Sul em outubro de 2016. Economista, ele  possui uma extensa experiência internacional na indústria automotiva (incluindo empresas como General Motors e Ford), em funções sênior de vendas e marketing. Ele iniciou sua carreira no Grupo Volkswagen em 2012, como responsável pelo  Marketing Global da ŠKODA. Em 2014, ele se tornou Diretor Executivo de Vendas da ŠKODA e Negócios de Marketing na SVW na China.
 
Como responsável por Vendas & Marketing da Volkswagen América do Sul, Central e Caribe, Owsianski tem sido um dos líderes da estrutura regional criada para se dedicar aos 29 países que fazem parte da região. Entre janeiro e agosto de 2017, as vendas da marca Volkswagen nesses mercados cresceram 18,7%, em comparação com o mesmo período em 2016, tornando-se a região com maior percentual de crescimento entre todas as estruturas da marca no mundo.

Cummins mostra novas tecnologias na FENATRAN

Cummins Brasil caminha em passos largos e confiante de que, qualquer que seja a tecnologia de powertrain, estará pronta para atender. E traz soluções claras e objetivas para alcançar novos marcos e manter a tradição de ser a maior fabricante independente de motores, atualmente com as matrizes energéticas Diesel e Gás.


Durante o 21º Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Cargas – Fenatran 2017, que acontece até 20 de outubro no São Paulo Expo (SP), a Cummins convida os visitantes a um tour interativo para conhecer o que a empresa prepara para atender ao setor de transporte nacional. Em seu estande de 343 m2, a inovação está disposta em seus produtos e tecnologias; já a eletrificação, presente e consolidada nas ações da companhia.


Um passeio virtual pela fábrica localizada em Guarulhos é um convite ao mundo Cummins que evolui nas aplicações Diesel, com foco na redução de emissões e baixo custo de operação para seus clientes e usuários finais. A fabricante de motores comemora nova aplicação no segmento de caminhões leves com motorização ISF 2.8, tecnologia EGR – Recirculação de Gases de Exaustão – e turbo de geometria variável. O motor nacional ISF 2.8 permite à Cummins potencializar veículos mais leves e traz soluções para o atendimento das normas Euro VI. Os benefícios e características (motor, pós-tratamento e componentes) podem ser conferidos no estande da Cummins por meio de uma mesa interativa em realidade aumentada.

A inovação presente nos produtos da empresa se estende à demonstração das vantagens das tecnologias desenvolvidas pela Cummins Emission Solutions, Cummins Filtration e Cummins Turbo Technologies, integradas em motorização ISF 4.5, visível por meio de um scanner interativo em realidade aumentada, e segue para a tendência downsizing. O motor ISG 12 é mais uma contribuição da Cummins para o sistema de transporte nacional. A alta potência e baixo peso (860 quilos) para caminhões acima de 45 toneladas transforma o ISG 12 em um claro exemplo do desenvolvimento independente para os mercados globais da fabricante. O motor de até 510 hp exposto, disponível para atender às diversas normas internacionais em requisitos de emissões - Euro V, Euro VI, EPA 2017 -, é a solução da Cummins para serviços de longa distância.

Para a Cummins, independente da solução de powertrain, é a conectividade que garantirá os melhores resultados comerciais para os clientes. Sistemas de dados digitais já disponíveis no mercado brasileiro, como o Telemetrics e o Adept, além de soluções conectadas que antecipam o futuro (Over The Air) estão expostas em uma mesa interativa para o visitante da Fenatran.

Na área dedicada à eletrificação, o posicionamento da Cummins na vanguarda do fornecimento de energias limpas e alternativas é um capítulo à parte. Recentemente a fabricante apresentou o caminhão-protótipo Aeos com o objetivo de mostrar o seu potencial em desenvolver novas soluções para seus clientes de forma a garantir o sucesso e atender à demanda em constante evolução de seus mercados. O caminhão elétrico Aeos tem autonomia de até 482 km com uma única carga e será usado em caráter de demonstração em aplicações de transporte rodoviário, entregas urbanas e atividades portuárias, como manuseio de contêineres.

Durante a maior feira nacional dos transportes, o estande da Cummins reserva uma ação inédita de sinergia entre as marcas Cummins e Eaton no Brasil após o anúncio da nova joint-venture. A primeira transmissão automatizada Endurant introduzida por ambas as empresas no mercado norte-americano é apresentada pela primeira vez no País. 


A Endurant, de 12 velocidades, é mais leve e eficiente, foi projetada para aplicações nas quais a economia de peso e a eficiência podem elevar a produtividade da frota. 

Motos Maxtrail e Gol modificado são as atrações do Auto Show Colletion de hoje


e-Delivery: primeiro protótipo de caminhão leve 100% elétrico do Brasil entregará produtos da Ambev

A Volkswagen Caminhões e Ônibus apresenta na Fenatran o protótipo do primeiro caminhão leve 100% elétrico desenvolvido no Brasil. O e-Delivery já tem destino certo: vai distribuir bebidas da Ambev, em testes, a partir do próximo ano. A produção em série deste modelo está prevista para 2020.

Com tecnologia sob medida para as tendências da indústria automotiva, o veículo traz soluções de última geração como sistemas inteligentes para ajustar a demanda da bateria conforme a operação e também para recuperar a energia da frenagem com o conceito Kers.
“Nosso centro mundial de desenvolvimento da Volkswagen Caminhões e Ônibus, localizado no Brasil, investigou as melhores soluções mundiais para atender às necessidades de nossos clientes em veículos de baixas emissões para inaugurar uma nova era da indústria de transportes dos países emergentes”, destaca Roberto Cortes, presidente e CEO da MAN Latin America, fabricante das marcas Volkswagen Caminhões e Ônibus e MAN.
"Estamos muito felizes com essa iniciativa, que traz avanços importantes para a indústria de logística verde. A utilização de veículos sustentáveis contribui para o nosso sonho de unirmos as pessoas por um mundo melhor", afirma Guilherme Gaia, diretor de Procurement da Ambev.
O e-Delivery pode chegar a uma autonomia de até 200 quilômetros, de acordo com a aplicação e a configuração do veículo. O e-Delivery estará disponível nos modelos de 9 e 11 toneladas, conforme a necessidade do cliente.
Com o novo e-Delivery, a MAN Latin America entrega ao mercado um produto único no seu segmento, desenvolvido com engenharia 100% brasileira, com dimensões adequadas à operação VUC, ideal para os grandes centros urbanos. O veículo chega ao mercado para atender aos segmentos de logística verde, zero emissões e circulação em locais com baixo ruído.

EuroNascar: Brasileiro Felipe Rabello termina como vice-campeão da Rookie e terceiro na Geral


A rodada dupla final da Nascar Whelen Euro Series foi eletrizante e provocou uma reviravolta na tabela de pontuação. Depois de vencer a sua sétima corrida na temporada, o francês Thomas Ferrando garantiu o título da versão europeia da Nascar no sábado (14/10), em Zolder, na Bélgica, e se deu ao luxo de terminar apenas na 15ª posição na última etapa. 

Enquanto isto, o mineiro Felipe Rabello (Get Castle Crush App/Mellore Alimentos) abandonou a penúltima etapa e a possibilidade títulos inéditos para o Brasil, e mesmo terminando em segundo no domingo (15/10), caiu para a vice-liderança da Rookie Cup e ficou em terceiro na classificação geral da EuroNascar.

“Foi um bom ano de estreia. Ano que vem voltaremos com mais experiência, conhecimento das pistas e tenho certeza que terei maiores chances de ser campeão”, resigna-se o representante de Belo Horizonte, que chegou na sexta e última rodada dupla, na Bélgica, como líder entre os Estreantes e terceiro colocado na Geral, com plenas condições de ser campeão em ambos os certames.

Na 11ª etapa Felipe Rabello largou da terceira posição, e na 11ª volta, quando ocupava o terceiro posto e bem próximo dos líderes, ficou sem freios e foi obrigado a abandonar ainda no meio do circuito de Zolder. “Tivemos que trocar o câmbio pouco antes da largada e que ficou falhando durante a corrida. E por isso o freio foi muito forçado, chegou a pegar fogo e com isso passei reto numa chicane e não tive condições de continuar. Foi uma pena, pois os meus adversários mais diretos estavam atrás de mim e eu poderia sair desta etapa ainda mais líder da Rookie Cup e como vice-líder da EuroNascar”, contou o brasileiro.

Na 12ª e última etapa da versão europeia da mais importante categoria do automobilismo norte-americano Rabello teve um desempenho extraordinário e recebeu a bandeirada na segunda posição, deixando de ser vice-campeão nos dois certames por apenas três pontos. “Este sexto pódio mostrou o nosso potencial. Ainda mais lembrando que eu fui o segundo piloto em número (duas) de vitórias. Fazer o que, vamos com tudo para a próxima temporada, que certamente será excelente para o Brasil”, planeja o piloto apoiado por Castle Crush/Mellore Alimentos.

Os dez primeiros na pontuação final da Nascar Whelen Euro Series são: 1) Thomas Ferrando (França), 676 pontos; 2) Guillaume Dumarey (Bélgica/Rookie), 585; 3) Felipe Rabello (Brasil/Rookie), 582; 4) Ulysse Delsaux (França), 580; 5) Marconi Abreu (Brasil), 540; 6) Justin Kunz (Alemanha), 539; 7) Maciej Dreszer (Polônia/Rookie), 532; 8) Paul Guiod (França), 530; 9) Gil Linster (Luxemburgo/Rookie), 491; 10) Jerry De Weerdt (Bélgica), 470.

BMW HP4 RACE será apresentada no Salão Duas Rodas

A superesportiva BMW HP4 RACE já tem data para estrear no Brasil e sua plataforma de lançamento será o Salão Duas Rodas, a maior feira do setor de motocicletas do país, e que será realizada entre os dias 14 e 19 de novembro no São Paulo Expo, na capital paulista. Apresentada no ano passado, durante o Salão de Milão, na Itália, a HP4 RACE é fabricada em Berlim, na Alemanha, e tem produção limitada em 750 unidades trabalhadas individualmente, em um processo de montagem artesanal efetuado por especialistas da BMW Motorrad.

A HP4 RACE possui quadro principal confeccionado inteiramente em fibra de carbono pesando apenas 7,8 quilos. Esta característica torna a BMW Motorrad a primeira fabricante de motocicletas do mundo a desenvolver e produzir um quadro principal com este tipo de material de alta tecnologia, e que contribui para que o peso total da moto, em ordem de marcha, atinja apenas 171 quilos. As rodas da motocicleta também são feitas de fibra de carbono, o que possibilita uma redução de peso de aproximadamente 30% em comparação com rodas de liga leve forjadas, sem qualquer perda de rigidez. 

A HP4 RACE também atende às demandas mais exigentes de tecnologias de competição quando o assunto é suspensão e freios. Ela traz garfos invertidos FGR 300 e amortecedores TTX 36 GP, ambos componentes fabricados pela sueca Öhlins e também usadas na MotoGP, no Campeonato Mundial de Superbike, bem como na Copa do Mundo de Superbike. O sistema de freios, por sua vez, usa discos duplos de aço de 320 milímetros de diâmetro e 6,75 mm de espessura; pistões revestidos de titânio; e pinças de alumínio monobloco Brembo GP4 PR, com superfície niquelada. Além disso, a moto conta com assistência de freio motor, com até 15 níveis de atuação.

A nova HP4 RACE é equipada com um motor de quatro cilindros e 999 cm³ que atende às especificações 6.2 e 7.2 das motos que disputam o Campeonatos Mundiais de Endurance e Superbike. A potência nominal de saída é de 215 cv, a 13.900 rpm, com um torque máximo de 120 Nm, a 10.000 rpm. Com o objetivo de melhorar ainda mais seu desempenho, a superesportiva conta com uma transmissão de seis marchas e relações otimizadas.


A HP4 RACE também traz uma extensa lista que sistemas eletrônicos de controle e assistência, incluindo um conjunto de itens elétricos otimizado voltado a atender regulamentos de competições a motor. Uma grande quantidade de informações também pode ser visualizada no painel de instrumentos 2D com memória para dados.

DAF lança três caminhões na Fenatran 2017 e entra no segmento off road

A DAF Caminhões Brasil entra no segmento off road e lança no mercado nacional os modelos CF85 e XF105 para operações de cana e madeira. Os novos caminhões são produzidos na fábrica de Ponta Grossa, no Paraná, e chegam às concessionárias em 2018. 

A montadora já está comercializando os novos produtos na Fenatran – Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Cargas, por meio do time das 23 revendas distribuídas pelo Brasil.

“Estamos entrando em um segmento com grande potencial comercial e nivelado pela qualidade e pelo baixo custo operacional. Os novos CF85 e XF105 superaram a expectativa dos nossos clientes durante os testes, com excelente performance, agregando alto torque e consumo de combustível abaixo da média. Com a qualidade do nosso produto e o relacionamento dos nossos concessionários, tenho a convicção que a linha off road será um sucesso. Somado a isso, estamos trazendo também o XF105 4x2 para os segmentos de cegonha, químico, baú e sider”, afirma Luis Gambim, Diretor Comercial da DAF Caminhões Brasil.

O CF85 off road está disponível em três opções de cabine: a Day Cab, com teto baixo; a Sleeper Cab, com teto baixo e cama; e a Space Cab, com cama e teto alto, a maior e mais espaçosa do segmento. A opção maior ainda tem como opcional o Skylight, faróis de teto, que proporcionam maior visibilidade durante operações noturnas em campo.

A linha XF105 off road está disponível em duas opções de cabine, Comfort Cab e Space Cab, ambas com cama e agregando todos os opcionais e diferenciais da linha CF. Os dois modelos também contam com o primeiro degrau de acesso à cabine reforçado, aumentando sua durabilidade.

O modelo florestal pode ser equipado também com sistema de exaustão vertical.

Os dois modelos são equipados com motor PACCAR MX 13, de 12,9 litros. O CF85 com potência de 460 cv e o XF105 de 520 cv. 

O propulsor tem bloco em ferro fundido vermicular, seis cilindros em linha e também é fabricado na unidade de Ponta Grossa. A embreagem Sacks Heavy Duty e a transmissão ZF ASTronic automatizada de 16 marchas, são preparadas para uso severo.

Os modelos contam também com seletor Dual Driving com modos de condução On Road ou Off Road, para respostas mais precisas e melhor desempenho. O eixo trativo Meritor tem redução nos cubos em relações de 4,55:1 ou 5,41:1.

Ambos os modelos têm PBTC de 125 toneladas e CMT de até 175 toneladas.

O chassi foi redesenhado, recebendo reforço para aplicações severas, com maior quantidade de carga. Há a possibilidade dos modelos virem equipados com reforço frontal para reboque, mais comum em operação florestal

Todos os modelos vêm com proteção de radiador. O padrão florestal conta também com proteção do cárter de óleo, e o padrão cana com redutor de nuvens de poeira para proteção do motor. A quinta roda de 3,5’’ também é adequada às aplicações, com rampa auxiliar para acoplamento e desacoplamento do implemento. 

A linha off road ainda passou por testes de durabilidade acelerada em pistas especiais antes de seguir para campo em operações de grandes clientes. Atualmente, são quatro caminhões, na Cevasa-Cargil e Biosev, duas das maiores processadoras de cana de açúcar do país; e na Klabin e Expresso Nepomuceno, em duas operações de madeira.


segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Embraer entrega 25 jatos comerciais e 20 executivos no 3º trimestre de 2017

A Embraer entregou 25 jatos para o mercado de aviação comercial e 20 unidades para o segmento de aviação executiva ao longo do terceiro trimestre de 2017, sendo 13 jatos leves e sete jatos grandes. 

Em 30 de setembro, a carteira de pedidos firmes a entregar (backlog) totalizava USD 18,8 bilhões, acima dos USD 18,5 bilhões do trimestre anterior. Veja os detalhes das entregas na tabela abaixo:


Os principais destaques do período foram os anúncios de vendas para a SkyWest, que representam uma encomenda total de 45 novos aviões e estão incluídos na carteira de pedidos da Embraer do terceiro trimestre de 2017. Em setembro, foi anunciada uma encomenda para 25 E-Jets, com valor de USD 1,1 bilhão, com base nos atuais preços de lista. 

Todas as aeronaves estão programadas para ser entregues em 2018. Já no início de outubro, foi anunciado um pedido firme da SkyWest para 20 E-Jets adicionais, no valor de USD 914 milhões, com base nos atuais preços de lista.

JOGOS DE PNEUS SELECIONADOS POR PILOTO PARA O GRANDE PRÊMIO DOS ESTADOS UNIDOS

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) informou à Pirelli as escolhas de pneus de cada equipe para o Grande Prêmio dos Estados Unidos, que será realizado entre os dias vinte e vinte e dois de outubro de 2017.


O fantástico nascimento de um carro visto pelos olhos das crianças

video

“Por que o céu é azul? De que são feitas as pessoas? Por que é que o gato mia?” O fantástico mundo das crianças é repleto de perguntas. Porém, desta vez, a Nissan mudou de lado e questionou os pequenos: como nasce um carro?


As respostas foram dadas por familiares de funcionários da Nissan

Depois, a criançada foi até a fábrica conferir se seus palpites estavam certos. O que será que eles acharam? Confira o resultado no vídeo acima, uma homenagem da Nissan ao Dia das Crianças.

GM anuncia novo investimento de US$ 500 milhões na Argentina

A General Motors vai investir US$ 500 milhões nas instalações da GM em Alvear, província de Santa Fé – sendo US$ 300 milhões investidos pela empresa e US$ 200 milhões investidos pela rede de fornecedores de GM.

O aporte tem como objetivo fortalecer o negócio da GM através do desenvolvimento de novos produtos, tecnologias e conceitos inovadores de manufatura 4.0 além da produção de uma plataforma inédita para um novo modelo global da Chevrolet. Este investimento será realizado de 2017 a 2019 e permitirá criar novos empregos diretos a partir de 2020, quando a produção do novo modelo começar.

O novo investimento da GM soma-se aos US$ 740 milhões já investidos na fábrica de Alvear de 2014 a 2016, e fortalece o compromisso da GM em fabricar veículos de última geração de forma sustentável no Complexo Industrial de Alvear. Em dezembro, o Complexo celebra seu 20º aniversário, seguindo como a única planta da Argentina com 100% de reciclagem.


Esse novo investimento contempla ainda um aumento das operações da GM no Terminal Puerto de Rosário (TPR), onde cerca de 6.000 contêineres e 1.500 veículos são transportados anualmente. Na conclusão desse novo investimento, a capacidade de movimentação de contêiner por ano será dobrada e o volume de importação e exportação de veículos será superior a 100 mil unidades por ano.