sexta-feira, 24 de maio de 2019

ARENA JEEP É ATRAÇÃO OFF ROAD EM FORTALEZA



Arena Jeep é a atração deste final de semana para quem está procurando adquirir um modelo Zero Quilômetro da marca ou mesmo conseguir informações a respeito destes históricos veículos OFF-ROAD.


Em uma pista especialmente montada para utilização OFF-Road localizada na esquina das Avenidas Santos Dumont com Senador Virgílio Távora será possível avaliar as qualidades dos modelos Wrangler, Renegade e Compass.


Na Arena Jeep além de uma exposição de modelos
exposição de modelos históricos haverá espaço Kids, Food Trucks e muita música aliados a condições especiais para venda de modelos Zero Quilômetro.




SERVIÇO

LOCAL: Av.Santos Dumont esquina com Senador Virgílio Távora

Datas: De 22 a 25 Maio

Horário: 09:00as 16:00 horas

VOLARE APRESENTA NOVIDADES NA FENATRAL 2019

Imagem: Agência Batuca


A Volare, montadora líder brasileira no desenvolvimento e produção de veículos leves para o transporte de passageiros, participa da Fenatral 2019, XX Encontro Nacional de Transporte Complementar e Alternativo, que acontece em Brasília, a partir de hoje, dia 23, até o dia 25 de maio. A empresa apresenta como novidade um modelo mais robusto do Fly 10, no padrão SPTrans, para o transporte no segmento urbano.

O evento é de grande importância para a Volare pelo fato de a marca ter a mais completa e diversificada linha de produtos, desenvolvida sob medida para atender as necessidades dos operadores do transporte complementar e alternativo no Brasil.

O novo modelo do Volare Fly 10 exposto tem 8.900mm de comprimento, é equipado com motorização Cummins ISF 3.8, de 162 cv de potência, sistemas de freio eletropneumático e de ar-condicionado, instalado no teto.Com linhas modernas e atraentes, o modelo é ideal para o serviço de transporte urbano, pois proporciona ainda mais o conforto e a segurança para os usuários e eficiência e baixo custo operacional para os operadores.

Nissan LEAF Autech começa a ser vendido no Japão


O Nissan LEAF Autech começará a ser vendido no Japão no próximo mês, agregando um estilo exclusivo ao carro elétrico campeão de vendas no mundo.

O modelo customizado, baseado no Nissan LEAF, será lançado em 21 de junho pela Autech Japan, Inc., uma subsidiária da Nissan.

O Nissan LEAF Autech é o quarto modelo lançado pela marca Autech, depois dos modelos Nissan Serena, Note e X-Trail. Contando com anos de legado na produção artesanal de uma série de carros customizados, a
marca Autech oferece materiais de qualidade e design exclusivo para clientes exigentes.

O Nissan LEAF Autech estará disponível em várias opções de cores, incluindo o Aurora Flare Blue Pearl, que é a marca registrada da Autech. Os componentes específicos da parte externa têm acabamento metalizado. Os faróis característicos em LED apresentam um desenho pontilhado, presente em todos os carros da marca Autech, fazendo com que ele seja imediatamente reconhecido como um modelo da Autech tanto de dia como à noite.

Do lado de dentro, os bancos têm uma bela aparência acetinada e a textura refinada do suede cristal e de um macio couro sintético. Já o painel de instrumentos tem um acabamento sofisticado e brilhante, passando a percepção de uma madeira genuína. O cinza escuro utilizado como cor de base recebe toques sutis na cor azul perolado. O uso de materiais de alto nível nos detalhes permite criar um interior que é ao mesmo tempo elegante e cheio de personalidade.

Com descontos de até 40%, Volvo lança promoção de peças de motor para caminhões e ônibus


A Volvo está reforçando suas ações para incentivar o uso de peças genuínas em veículos da marca. De  maio a agosto, proprietários, motoristas autônomos e gestores de frota poderão adquirir na Promoção mais de 150 itens com até 40% de desconto. Todas peças compradas e instaladas pela Rede Volvo durante o período possuem 2 anos de garantia e podem ser encontradas no site www.volvopecas.com.br ou diretamente nas quase 100 concessionárias da marca distribuídas em todas regiões do País.

Carlos Banzzatto, gerente de pós-venda da Volvo reforça a importância da utilização de peças genuínas e dos serviços das concessionárias da rede: “Fazer manutenções programadas e utilizar peças genuínas garante ao transportador mais produtividade. A equipe da nossa rede de concessionárias está preparada para dar um diagnóstico preciso em cada atendimento e assim reduzir paradas imprevistas. Este é um compromisso que a Volvo tem com quem confia nos nossos produtos”.

Ao adquirir peças genuínas e instalá-las na rede de concessionárias Volvo, os clientes têm o benefício de saber que foram instaladas corretamente, garantindo máxima funcionalidade e confiabilidade. Além disso, todas as peças compradas e instaladas pela rede Volvo durante o período possuem 2 anos de garantia. “Somos o único fabricante de caminhões e ônibus que dá essa garantia, pois confiamos muito na qualidade dos nossos produtos”, assegura Banzzatto. Outro atrativo da Promoção é o “Compre e ganhe”: na compra de algumas peças pré-selecionadas os compradores ganham um brinde especial.


Além da promoção de itens de motor, a Volvo tem lançado outras iniciativas para estimular o uso de peças genuínas. A marca lançou recentemente ações para o mercado de peças clássicas, aquelas voltadas para veículos com mais de cinco anos de uso. São mais de 400 itens com preços reduzidos em até 40% e ainda com condições comerciais especiais. As peças selecionadas também podem ser encontradas em www.volvopecas.com.br.

VW Constellation 32.360 6x4: passaporte carimbado em mais países da América Latina


A grande novidade do segmento de traçados tem nome e aptidão de sobra para o trabalho: é o Constellation 32.360 6x4 que chega com transmissão automatizada V-Tronic e eixo traseiro com redução no cubo. Não à toa, o modelo já conquistou o Brasil e está disponível para ser exportado do centro de desenvolvimento e produção da VW Caminhões e Ônibus de Resende (RJ) para diversos países da América Latina como Colômbia, Peru, Equador e, mais recentemente, Chile.

Ideal para operações extremas nos segmentos de terraplanagem, mineração, florestal, dentre outras, é equipado com motor Cummins ISL 360, com potência
de 360 cv e torque de 1.600 Nm. A transmissão automatizada é ZF de 16 velocidades.

Os freios a tambor contam com a segurança dos sistemas ABS (que evita que a roda bloqueie quando o pedal de freio é pisado fortemente e entre em derrapagem), EBD funciona em conjunto com o sistema ABS e tem a função de distribuir a força de frenagem entre as rodas do veículo, e ATC (evita que as rodas patinem), além do EasyStart que auxilia na partida em rampa e do Modo Manobra, que auxilia em manobras em locais estreitos e confinados.


O veículo foi projetado para rodar nas mais difíceis condições de terreno. Cada detalhe foi desenvolvido para atender a pedidos de clientes que demandam a robustez e confiabilidade dos caminhões Volkswagen em seus mercados.


Além disso, o Constellation 32.360 6x4 conta com pneus de uso misto, para trabalho pesado e bloqueio longitudinal (entre eixos) e transversal (das rodas) que permite gerar mais aderência (dos pneus) em terrenos fora de estrada, não pavimentados. Com isto, é fornecida maior estabilidade e segurança, independentemente do lugar onde se trabalhe.

E como sempre, a Volkswagen oferece uma cabine moderna e de altos níveis de conforto, que fornece bem-estar aos motoristas. Assim, com um amplo e espaçoso habitáculo, esta cabine oferece banco do motorista com suspensão
pneumática, coluna de direção com ajuste múltiplo, ar-condicionado, além de um painel com tela digital que fornece informações da operação, entre outros.


A Porsche Chile, representante da VW Caminhões e Ônibus naquele país, acaba de apresentar o 32.360 6x4 àquele mercado. E é com esta nova estreia que a marca continua ampliando sua já robusta gama e entrega um veículo que se destaca da concorrência graças às mais altas vantagens em aplicações off-road, alta tecnologia, conforto e, obviamente, todo o respaldo da Divisão de Caminhões e Ônibus da Porsche Chile.

Edição comemorativa – MINI 60 Years Limited Edition


A MINI celebra este ano o seu 60º aniversário e, como forma de o celebrar, será lançada no mercado português uma Edição Limitada alusiva ao Mini Clássico de 1959, um dos automóveis mais icónicos da indústria automóvel. O novo MINI 60 Years Limited Edition está disponível apenas na versão de 3 Portas e destaca-se pelo elevado nível de equipamento de série e pelos detalhes exclusivos no interior e exterior. Em Portugal, serão disponibilizadas apenas 60 unidades em quatro motorizações distintas: duas Gasolina (Cooper 1.5 136cv, Cooper S 2.0 192cv) e duas Diesel (Cooper D 1.5 116cv, Cooper SD 2.0 170cv).

Nesta Edição Limitada de aniversário, a escolha de cor exterior incidiu numa reinterpretação do tradicional British Racing Green complementada com o Jet Black do tejadilho e espelhos exteriores. Ainda no exterior são de destacar as jantes de 17” com design exclusivo e o logotipo “MINI 60 Years” nas laterais e na faixa de capot do lado esquerdo.

Para completar uma aparência exterior única, cada uma destas 60 unidades incluí diversos apontamentos exclusivos em Piano Black: os puxadores das portas, o tampão de combustível (apenas Cooper S / SD), as molduras dos faróis, farolins e da grelha frontal e, por forma a realçar o caráter desportivo deste modelo, os faróis adicionais LED aplicados na grelha frontal.

No interior o ambiente é desportivo mas, ao mesmo tempo, requintado. Para tal destacam-se: os bancos em pele “walknappa” em tom castanho com originais costuras British Racing Green a condizer com a pintura exterior, o forro interior do tejadilho em antracite, o volante desportivo em pele ”walknappa” e a superfície interior em tom “dégradé”. O logotipo “MINI 60 Years” está em destaque no volante, nos bancos dianteiros, nas soleiras das portas e, ao abrir a porta do condutor, o mesmo é projetado no solo através de LED (função “logo projection”).

Esta Edição Limitada destaca-se não apenas pelos diversos itens exclusivos, não disponíveis na restante gama, mas também pelo seu elevado equipamento de série:
   
Adicionalmente, será oferecido a cada cliente destas 60 unidades exclusivas, um Trolley de cabine MINI 60 Years em British Racing Green alusivo ao aniversário da marca.

Esta Edição Limitada do MINI 3 Portas será disponibilizada em Portugal em quatro motorizações:
Gasolina -             Cooper 1.5L 136cv – Manual 6v / Automática DCT 7
Cooper S 2.0L 192cv – Manual 6v / Automática Desportiva DCT 7v
Diesel -                 Cooper D 1.5L 116cv – Manual 6v / Automática DCT 7v
Cooper SD 2.0L 170cv – Apenas Automática Desportiva 8v
Consumo de combustível combinado: 4,5L a 7,1L aos 100km
Emissões de CO2 combinadas: 117 a 162 g/km
Valores WLTP

O novo MINI 60 Years Limited Edition (3 Portas) está disponível a partir da presente semana na rede de concessionários MINI por todo o país, com um volume limitado de 60 unidades e com um PVP Recomendado a partir de 31.635€. As encomendas encerrarão quando for encomendada a 60ª unidade. Para o MINI 5 Portas estará disponível também a partir da presente semana o Pack MINI 60 Years que inclui alguns elementos decorativos alusivos aos 60 anos da marca.

BMW i8 vira obra de arte assinada pelo renomado pintor e escultor alemão Thomas Scheibitz


O esportivo híbrido i8 é o mais novo automóvel BMW a ser alçado ao status de obra de arte. E o responsável por este feito é o renomado pintor e escultor alemão Thomas Scheibitz, que usou o BMW i8 de seu amigo de longa data Bernd Heusinger como tela de pintura. Conhecido por criar novas combinações ao utilizar pinturas e esculturas coloridas entre suas referências, Scheibitz aplicou no veículo esquemas de cores na forma de elementos estilísticos, criando uma categoria de imagens que se encaixam perfeitamente nas formas da carroceria. 

Além desta característica, o artista usou o fluxo dinâmico das linhas externas do i8 para realçar a superfície de contornos futuristas do esportivo. Ele realça esta ideia criando um diálogo visual entre a inovadora estrutura de carbono do cupê híbrido com a textura da tela de pintura. Originalmente, a intenção de criar uma escultura sobre rodas se baseou em uma pintura em pequena escala concebida por Scheibitz em 2017. Fragmentos digitalizados e ampliados desta mesma obra podem ser vistos, agora, em vários contextos sobre a carroceria do BMW i8. O esportivo híbrido está em exposição, desde o último dia 18, na galeria do artista situada em Berlim, na Alemanha.

quinta-feira, 23 de maio de 2019

Coluna do FERNANDO CALMON


Alta Roda nº 1046/346– 13/05/2019

Fernando Calmon

Meandros da segurança
AEA, Bright Consulting, Adas, ESC, AEB, Stärkx, carros autônomos, ministro, Paulo Guedes, Renault, Kwid, Outsider, VW Comfortline, T-Cross, Nissan, estúdio de design, Grupo Disal Os brasileiros dão mais importância a alguns recursos de conectividade do que motoristas de alguns outros países, conforme pesquisa comparativa feita pela operadora Telefônica, na Europa. Um exemplo: 30% dos brasileiros estão interessados em acessar as mídias sociais em automóveis, ante apenas 9% no Reino Unido. No entanto, conectividade está intimamente ligada à segurança e esses dois temas levaram a AEA (Associação Brasileira de Engenharia Automotiva) a organizar um seminário semana passada em São Paulo (SP).

Quando se trata do conceito mais amplo de Sistemas Avançados de Assistência ao Motorista (Adas, na sigla em inglês) o viés de segurança se impõe. De acordo com a Bright Consulting, há diferentes taxas de aplicação dos sistemas Adas. Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC, em inglês) e câmera de ré estão em 40% e 35%, respectivamente, dos veículos vendidos no Brasil e em 100% dos comercializados nos Estados Unidos. 

No máximo, 2% dos carros novos emplacados aqui vêm com detector de fadiga, assistente de manutenção de faixa e frenagem autônoma de emergência (AEB, em inglês). Na Europa a taxa de aplicação já supera 50% e os três itens estarão em 100%, obrigatoriamente, em 2021. As regulamentações no Brasil estão avançando e os cronogramas de adoção são mais lentos, basicamente pelo custo elevado das diferentes tecnologias e a necessidade de adaptações às condições de uso bastante severas no Brasil. 

Entre os dispositivos citados, o AEB reúne maior potencial de aumento da segurança viária por diminuir atropelamentos (ou a sua severidade) e até 40% das colisões em baixa e média velocidades (contra carros estacionados, em movimento ou parados, além de obstáculos fixos). Todos são fruto de distração, imprudência, negligência e algumas vezes de inabilidade ao volante. 

Nos debates chamou-se atenção para o desenvolvimento de protocolos que levem em conta como os motoristas interagem com os sistemas de assistência e percebem as limitações. Os níveis de autonomia veicular variam de 1 a 5 em função da interatividade. Carros autônomos continuam a avançar, porém o prazo de sua chegada ao mercado ainda suscita dúvidas. Mesmo o nível 4, que dispensa qualquer atenção ao volante e aos pedais (eliminados no nível 5), ainda será muito caro para automóveis particulares. Esperam-se, primeiramente, aplicações comerciais, em frotas de uso intensivo e roteiros específicos. 

A Stärkx Automotive lembrou um ponto importante que, se esquecido, traz sérios problemas. Todos os sensores Adas aplicados em espelhos retrovisores, para-brisas, grades, para-choques e outros componentes menos visíveis precisam ser recalibrados após uma colisão, substituição ou simples remoção para manutenção. 

Também se deve considerar que carros elétricos estão suscetíveis a problemas de segurança específicos, quando enfrentam alagamentos ou sofrem colisões mais severas. Nesses casos, melhor se afastar imediatamente e procurar socorro especializado. Por esses motivos, companhias no exterior estão cobrando muito caro pelo preço do seguro.

ALTA RODA

MINISTRO da Economia, Paulo Guedes, acenou para uma gradual redução das tarifas de importação. Uma curva progressiva: 1 ponto percentual (pp), no primeiro ano; 2 pp, no segundo; 3 pp, no terceiro; 4 pp, no quarto. No caso de automóveis significaria o imposto de importação cair dos atuais 35% para 25% ao longo de quatro anos, pela interpretação da coluna. 25% é tarifa máxima imposta pelos Estados Unidos à China, por exemplo. Resta saber se a indústria teria condições para exportar sem os impostos hoje incidentes. 

RENAULT Kwid Outsider segue a fórmula aventureira, porém trilha o caminho de chamar atenção sem exageros. Preço de R$ 43.990 está dentro do razoável. Há uma mudança mecânica estendida a todos os Kwid: freio dianteiro a disco ventilado, novo servofreio e pistões de pinça maiores. A sensação de toque e progressividade no pedal ficou melhor. 

VERSÃO intermediária Comfortline do VW T-Cross – motor turboflex de 1 litro e câmbio automático de 6 marchas – tem boa desenvoltura em cidade e nem tanto em estrada. O modelo de entrada, com câmbio manual, surpreende pela agilidade em qualquer situação. Espaço interno, ergonomia e comportamento dinâmico superam a média dos concorrentes. 

NISSAN inaugurou na semana passada um estúdio de design em São Paulo (SP) para aproveitar talentos locais no desenvolvimento de séries especiais e colaborar em projetos no exterior que podem chegar ao Brasil e em outros mercados. O líder da equipe é o americano de origem vietnamita John Sahs e conta, inicialmente, com seis especialistas brasileiros. 

FERRAMENTA inovadora desenvolvida pelo consórcio digital www.carroparatodos.com.br, em parceria com o Grupo Disal, ajuda a planejar um possível lance vencedor por meio de simulações estatísticas e um algoritmo específico. Todo o processo é feito on-line e permite ao interessado uma flexibilidade na entrega do veículo, sem depender apenas da sorte. 


PERFIL
Fernando Calmon (fernando@calmon.jor.br), jornalista especializado desde 1967, engenheiro, palestrante e consultor em assuntos técnicos e de mercado nas áreas automobilística e de comunicação. Sua coluna automobilística semanal Alta Roda começou em 1999. É publicada em uma rede nacional de 85 jornais, sites e revistas. É, ainda, correspondente no Brasil do site just-auto (Inglaterra).
Siga também através do twitter:  www.twitter.com/fernandocalmo fernando@calmon.jor.br e www.facebook.com/fernando.calmon2


FORD LANÇA PROMOÇÃO DE SERVIÇOS COM SORTEIO DE INGRESSOS PARA O ROCK IN RIO


A Ford lançou uma promoção que vai sortear ingressos do Rock in Rio para os clientes que usarem os serviços pós-venda da sua rede de concessionárias até o dia 15 de julho. Os vencedores terão direito a quatro ingressos para assistir a um dia de sua escolha do festival com tudo pago, incluindo passagens, alimentação e hospedagem. 

A promoção, chamada “Show em Família no Rock in Rio”, faz parte das ações da Ford como montadora oficial do festival. A participação é aberta a todo cliente que levar seu carro da Ford às oficinas da marca nesse período para realizar qualquer serviço, como revisão, troca de óleo, manutenção ou instalação de acessórios (exceto ações de recall).

Depois, é só se cadastrar no site da Ford (www.fordpromocao.com.br), informando nome, CPF, e-mail, número da nota fiscal e o dia de sua preferência para ir ao Rock in Rio, gerando um cupom. O sorteio será realizado no dia 20 de julho e é possível registrar até dez notas fiscais por CPF. No total serão sete ganhadores, um para cada dia do festival.

“Essa promoção é uma forma de valorizar os clientes da Ford, dando mais uma vantagem para quem usa os serviços da rede. Como os ingressos do Rock in Rio já estão esgotados, é uma oportunidade única de participar com a família ou os amigos do maior festival de música do mundo”, diz Andre Leite, gerente de Comunicação de Marketing da Ford. “É a principal ação de marketing da área de pós-vendas da marca neste ano.”

Honda Racing vai a Campos do Jordão (SP) para a 3ª etapa do Brasileiro de Enduro FIM


Os pilotos da equipe Honda Racing, Bruno Crivilin (classe E1), Gabriel Soares (E2) e Nicolás Rodriguez (E3), disputam neste final de semana (25 e 26) a terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM, em Campos do Jordão (SP). Os competidores ainda aceleram por pontos importantes na Enduro GP, categoria direcionada aos mais rápidos da competição. Após intervalo de mais de um mês, a temporada nacional, que começou em Itapema (SC) e passou por Nova Bréscia (RS), chega à turística cidade paulista, localizada na Serra da Mantiqueira, famosa pela movimentação durante o outono e inverno.

O que vai agitar o público no próximo sábado e domingo será o circuito da
prova, que soma 45 quilômetros de desafios e apresenta três trechos especiais (dois Enduro Testes e um Cross Teste). Ao todo, os competidores terão que completar três voltas no percurso em cada dia.


Pela primeira vez em uma prova em Campos do Jordão, o capixaba Bruno Crivilin, que venceu a categoria E1 na segunda etapa, está cada vez mais confiante com a motocicleta Honda CRF 250RX. “Treinei bastante nos últimos 20 dias e me sinto muito bem com o equipamento. A previsão é de clima frio e até mesmo chuva. Isso aumenta o nível técnico e gosto de desafios assim”, destaca o piloto, atual campeão brasileiro da categoria e também da Enduro GP.

Já Gabriel Soares, atual vice-líder tanto da classe E2 quanto da Enduro GP, torce para que o piso esteja mais seco. “Depois de duas provas bem difíceis, com muita chuva, espero que a etapa paulista seja mais produtiva. Estou mais
motivado, bem preparado e vou com tudo para buscar a liderança”, afirma o mineiro, que utiliza a Honda CRF 450RX.

O período entre as etapas foi fundamental para o carioca Nicolás Rodriguez fazer todos os ajustes necessários. “Trabalhamos bastante nas configurações da moto e evoluímos muito. Também intensifiquei os treinos físicos, porque as duas primeiras provas foram bem desgastantes”, destaca o representante da equipe na categoria E3, com a Honda CRF 450RX.


Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2019 – 3ª etapa
Base do evento: Estacionamento do Estádio Municipal Benedito Vaz Dias, ao lado do Centro de Eventos - Campos do Jordão (SP)
Acesso gratuito ao público. 

Programação*
24 de maio (sexta-feira)
18h às 21h – Secretaria de prova no restaurante Villa Montese
18h30 – Briefing da prova

25 de maio (sábado)
7h às 9h55 – Secretaria de prova, vistoria técnica e condução das motos ao Parque Fechado
10h – Largada dos dois primeiros pilotos
16h – Previsão de chegada dos primeiros pilotos / Pré-finish
17h30 – Encerramento da entrada no Parque Fechado
20h – Divulgação dos resultados no Restaurante Villa Montese

26 de maio (domingo)
9h – Largada dos dois primeiros pilotos
15h – Encerramento da entrada no Parque Fechado
16h – Divulgação dos resultados e premiação

*A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.

Audi conecta em rede seus veículos com semáforos na Europa


A partir de julho a Audi vai integrar em rede novos modelos com os semáforos em Ingolstadt, na Alemanha, com a tecnologia Audi Traffic Light Information. Outras cidades europeias farão parte do projeto depois de 2020. Com a nova tecnologia, os veículos poderão capturar uma “onda verde” na cidade: os motoristas de Audi verão no painel qual velocidade é necessária para chegar ao próximo semáforo no verde. Se isto não for possível dentro do limite de velocidade permitido, aparecerá uma contagem para a próxima fase verde. Assim, dirigir nas cidades será mais relaxante e eficiente. Nos EUA, os clientes da Audi já vêm usando este serviço desde o final de 2016. A Audi é a primeira montadora no mundo a conectar em rede seus modelos com os semáforos nas cidades.

Nos EUA, os clientes da Audi já vêm usando a função “Tempo Até o Verde” há dois anos: se o motorista atingir um semáforo vermelho, uma contagem no Audi virtual cockpit ou head-up display conta os segundos até o próximo semáforo verde. Agora este serviço está disponível em mais de 5.000 cruzamentos nos EUA, por exemplo, em cidades que incluem Denver, Houston, Las Vegas, Los Angeles, Portland e Washington (capital). Só na capital cerca de 1.000 cruzamentos estão conectados à função Audi Traffic Light Information.

Desde fevereiro de 2019 a Audi oferece outra função na América do Norte. A finalidade é permitir especialmente a condução na “onda verde”. “Green Light Optimized Speed Advisory” (GLOSA) (Aviso de Velocidade Otimizada para o Semáforo Verde) mostra ao motorista a velocidade ideal para chegar ao próximo semáforo verde.

Tanto o “Tempo Até o Verde” como o GLOSA serão ativados para início de funcionamento em Ingolstadt em modelos Audi selecionados. Eles incluem todos os modelos e-tron da Audi e o A4, A6, A7, A8, Q3, Q7 e Q8 que serão produzidos a partir da metade de julho. O pré-requisito é o pacote “Audi connect Navigation & Infotainment” e o opcional “reconhecimento da sinalização do tráfego baseado em câmera”.

Neste projeto, a Audi está trabalhando com Traffic Technology Services (TTS) (Serviços de Tecnologia do Tráfego). O TTS prepara os dados brutos dos centros de gestão de tráfego de cidade e os transmite aos servidores da Audi. A partir daqui, a informação atinge o veículo por uma conexão rápida de internet.

A Audi está trabalhando para oferecer a Audi Traffic Light Information em outras cidades da Alemanha, Europa, Canadá e EUA nos próximos anos. Na grande cidade oriental da China, Wuxi, Audi e parceiros estão testando redes entre os veículos e os sistemas de semáforos no contexto de um projeto em desenvolvimento.

No futuro, os clientes da Audi poderão se beneficiar de funções adicionais, por exemplo, quando as “ondas verdes” forem incorporadas ao planejamento do roteiro ideal. Também se pode conceber que os modelos e-tron da Audi, ao cruzar por um semáforo vermelho, usarão cada vez mais a energia de frenagem para carregar as baterias. Acoplado ao controle de cruzeiro adaptativo preditivo, os veículos podem até frear automaticamente em semáforos vermelhos.

Futuramente, tecnologias V2I (veículo para infraestrutura) como a Audi Traffic Light Information facilitarão a condução automatizada. “Uma cidade é um dos ambientes mais complexos para os veículos autônomos. Apesar disso, o veículo deve poder administrar a situação, mesmo na chuva e neve. A troca de dados com a infraestrutura de tráfego pode ser altamente relevante nesta situação, diz Hainzlmaier.

BMW Group é a empresa de mobilidade e fabricante automotiva preferida dos estudantes de engenharia do Brasil


O BMW Group Brasil acaba de ser eleito a empresa de mobilidade e fabricante automotiva mais atrativa para os estudantes de engenharia do Brasil, de acordo com pesquisa da consultoria internacional Universum. A empresa obteve a 1ª colocação entre as empresas brasileiras do setor no ranking que incluiu companhias de diversas áreas, entre elas construção civil, tecnologia e indústria farmacêutica.

Realizada entre setembro de 2018 e janeiro de 2019, a pesquisa ouviu 7.704 estudantes de 7 áreas principais de estudo em 122 universidades de todo o país. Os futuros engenheiros responderam sobre os seus objetivos na carreira e os seus empregadores ideais. O equilíbrio entre vida pessoal e profissional apareceu no topo da lista de desejos, seguido de estabilidade e segurança no emprego.  

Dentre outros projetos, o time de engenharia do BMW Group no Brasil, sediado na fábrica em Araquari (SC), e também no escritório regional em São Paulo, desenvolveu localmente a tecnologia de conectividade para o BMW Série 1 sedan lançado no México, o apoio de inteligência artificial para o assistente pessoal inteligente dos novos BMW Série 3 e X5, além de diversos trabalhos para motores flex. Além disso, apoia todo o trabalho de engenharia no país para veículos BMW, MINI e motocicletas BMW Motorrad. O BMW Group Brasil realiza amplos investimentos na formação de novos profissionais do setor no país.

F-Renault Eurocup: Caio Collet admite motivação extra para correr junto com a F-1 em Mônaco


As ruas estreitas, o muro sempre muito próximo, as disputas lendárias, todo o charme do local e as celebridades nos boxes fazem de Mônaco uma corrida à parte. E muitos pilotos sonham um dia poder correr ali. Para o brasileiro Caio Collet, o sonho vai se tornar realidade neste fim de semana (dias 25 e 26) na disputa da terceira etapa da temporada 2019 da Fórmula Renault Eurocup nas ruas do Principado.

E o momento será ainda mais especial, já que os jovens pilotos farão uma das preliminares do Grande Prêmio de Fórmula 1. Ou seja, será uma importante vitrine para aqueles que buscam um dia estar no grid da principal categoria do automobilismo mundial.

Integrante do programa Renault Sport Academy, Collet está motivado. O piloto alcançou bons resultados, há duas semanas em Silverstone (Ing), marcando pontos nas duas corridas, ficando sempre entre os Top-5 no geral e vencendo a corrida 2 entre os estreantes.

“A expectativa para correr em Mônaco é muito positiva. Conseguimos bons resultados na Inglaterra e construímos uma boa base para tentar progredir ainda mais em Mônaco”, acredita Collet, de 17 anos, que corre pela equipe francesa R-ace GP.

Outro desafio nesta etapa também será o pouco tempo de treinos. Haverá apenas uma sessão livre na quinta-feira (23) de 50 minutos. Na sexta-feira (24), já acontecem os classificatórios. A corrida 1 no sábado está programada para as 5h15 (de Brasília). No domingo, a segunda prova terá sua largada às 7 horas (de Brasília). Ambas com 30 minutos de disputa e mais uma volta.

“Estou bem confiante no trabalho da equipe e venho me preparando muito com treinos no simulador. Isso vai ajudar, porque em Mônaco teremos pouco tempo de pista. Será só um treino para se adaptar rápido e pegar bem as referências para a tomada”, destaca o piloto brasileiro, que está em oitavo lugar na classificação geral do campeonato, com 28 pontos.

Collet também ressaltou dois pontos importantes para a etapa. “O primeiro é estar num bom ritmo desde o começo, dando pequenos passos a cada volta. E o segundo ponto é a tomada de tempos, porque em Mônaco é quase impossível
ultrapassar. Então estaremos focados para conseguir uma boa posição de largada”, explica o piloto, que vê com bons olhos poder correr no mesmo fim de semana da Fórmula 1.

“É uma motivação a mais. Vai ser mais divertido ter todas as equipes ali, os pilotos, todo o ambiente único da Fórmula 1”, completa Collet.

No sábado e domingo, as corridas estão programadas para serem exibidas ao vivo pelo Youtube e Facebook da Renault Sport (https://www.youtube.com/user/renaultsport ou https://www.facebook.com/RenaultSportSeries/).

Veja como está a classificação do campeonato, após 2 de 10 etapas em rodada dupla (Top-10):
1 Oscar PIASTRI 62
2 Victor MARTINS 46
3 Alexander SMOLYAR 43
4 Ugo DE WILDE 43
5 Kush MAINI 33
Lorenzo COLOMBO 33
7 Leonardo Lorandi 32
8 Caio COLLET 28
9 Joao VIEIRA 25
10 Petr PTACEK 17

Route Tour coloca Porsches na estrada em São Paulo e Campos do Jordão



Uma equilibrada mistura de passeio, encontro entre amigos e atividade competitiva. O Porsche Route Tour, realizado pelo Porsche Club Brasil no último sábado (18 de maio) com apoio da Stuttgart Porsche, colocou 80 carros da marca nas estradas de São Paulo e Campos do Jordão.

O Route Tour foi dividido em duas partes. A primeira saiu da sede da Stuttgart Porsche em São Paulo (com o primeiro carro recebendo o sinal de partida precisamente às 10:01 horas) e terminou no Grande Hotel de Campos do Jordão. A segunda aconteceu às 16:00, com largada e chegada no próprio Grande Hotel, percorrendo estradas de municípios adjacentes. Os dois percursos foram cobertos em cerca de duas horas e tiveram um concurso de Regularidade no qual os participantes deveriam manter rígidas médias horárias, perdendo um ponto para cada segundo de atraso ou adiantamento em relação
ao horário ideal de passagem pelos pontos de aferição.

Como o Route Tour aconteceu em estradas públicas abertas ao tráfego, as médias horárias estabelecidas estiveram sempre em consonância com os limites de velocidade de cada via. A variação de condições climáticas, especialmente na primeira parte (chuva na largada em
São Paulo e sol na chegada em Campos do Jordão) representou um desafio extra.

Cada percurso teve pódio e entrega de troféus para as cinco duplas mais bem classificadas. Para efeito de pontuação no campeonato, os dois resultados foram agregados de acordo com o menor número final de pontos perdidos, não importando em qual percurso a marca tenha sido alcançada. Os seis primeiros colocados desta classificação geral marcaram pontos nos campeonatos Porsche Club Cup (equipes) e Porsche Racing Cup (pilotos).

Uma novidade deste Route Tour foi a introdução do Passeio. Os inscritos nesta modalidade fizeram partidas simbólicas na Stuttgart Porsche e no Grande Hotel e podiam optar fazer o mesmo percurso do concurso de Regularidade ou escolher livremente seus trajetos. Cônjuges e filhos acompanharam vários participantes nas duas modalidades, inclusive como navegadores, realçando o caráter familiar e amigável dos eventos promovidos pelo Porsche Club Brasil.

quarta-feira, 22 de maio de 2019

NOVO MÉGANE R.S. TROPHY-R: RECORDE NO CIRCUITO NÜRBURGRING PARA O MODELO DE MELHOR PERFORMANCE JÁ COMERCIALIZADO PELA RENAULT


Na tradição da Renault Sport, esta nova geração do MÉGANE R.S. TROPHY-R deve sua performance exclusivamente à potência pura, com o mesmo motor de 300 cv do Mégane R.S. Trophy, lançado no início de 2019. O MÉGANE R.S. TROPHY-R foi desenvolvido como um carro de corrida e ágil, por uma equipe reduzida e dedicada, que se concentrou em três pilares: redução máxima do peso (até 130 kg em comparação com o Mégane R.S. Trophy sem opcionais), aerodinâmica retrabalhada e evolução mais radical de seus semieixos.
 
O resultado é expressivo: em 5 de abril de 2019, o MÉGANE R.S. TROPHY-R estabeleceu um novo recorde oficial absoluto e um tempo de referência para um veículo compacto de série no anel norte (Nordschleife) do Circuito de Nürburgring, mundialmente reconhecido como referência para a avaliação de performance automotiva. Ele percorreu os 20,600 km em 07’40’’100, e os 20,832 km da volta completa oficial em 07’45’’389.
 
A história do Mégane R.S. e do “Ring” perdura há mais de 10 anos. Ela começou em 2008, com o primeiríssimo recorde na categoria tração dianteira de série: o Mégane R.S. R26.R completou a volta em 8’17’’. Um recorde batido 3 anos mais tarde, em 2011, pela segunda geração do Mégane R.S. na versão Trophy, sob o comando do piloto Laurent Hurgon (8’07’’97). Em 2014, o piloto conseguiu reduzir o tempo pela primeira vez para menos de 8 minutos (7’54’’36) com a versão Trophy-R do Mégane III R.S.. Foi ele quem pilotou a novíssima geração do MÉGANE R.S. TROPHY-R para estabelecer este novo recorde de referência, em uma caça ao melhor tempo onde cada segundo fica ainda mais difícil de ganhar.
 
O MÉGANE R.S. TROPHY-R será comercializado antes do final de 2019, com uma série limitada a algumas centenas de unidades e fará sua primeira aparição pública na sexta-feira, 24 de maio de 2019, às vésperas do Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1, sob o comando de Daniel Ricciardo e Nico Hülkenberg,
pilotos da Equipe Renault de F1®.
 
A Renault Sport contou com o apoio de parceiros especialistas, como Akrapovič para o sistema de escape, Brembo para os freios, Bridgestone para os pneus, Öhlins para os amortecedores, e Sabelt para os bancos tipo concha
 
O Circuito de Nordschleife tem agora um novo percurso oficial. Até 2019, a maioria dos recordes foi registrada no percurso de 20,600 km, iniciando a cronometragem ao final da zona T13 e terminando a cronometragem na linha de largada/chegada. A partir de 2019, o percurso oficial segundo o Nürburgring é a volta completa de 20,832 km, com início e fim da cronometragem na linha de largada/chegada (início do T13). Por isso, a cronometragem do Mégane R.S. Trophy-R foi registrada na categoria de “carros compactos” (veículos de série sem modificações).

A primeira aparição do veículo será no dia 24 de maio em Mônaco, às vésperas do Grande Prêmio de Fórmula 1 sob o comando de Daniel Ricciardo e Nico Hülkenberg, pilotos da Equipe Renault de F1.

Os carros esportivos de série projetados e desenvolvidos pela Renault Sport são resultado de um legado de 120 anos de experiência da Renault no automobilismo esportivo e 40 anos de presença na Fórmula 1. Por isso, a gama Renault Sport conta com tecnologias diretamente oriundas das competições, fruto de uma colaboração estreita entre os engenheiros da Renault Sport Cars e da Renault Sport Racing. Todos os eventos organizados pela Renault Sport têm como característica a paixão pelo automobilismo esportivo, como os R.S. Days.

Cavalo mecânico Volkswagen ganha mais equipamentos


O cavalo mecânico VW Constellation 25.360 tem novidades para o mercado brasileiro. Agora o modelo normal de produção passará a ter uma configuração técnica mais equipada, contando com itens como: cabine leito com teto alto, transmissão automatizada V-Tronic de 16 marchas e pacote de acabamento PRIME, que incluirá a versão com transmissão manual ofertada como Tailor Made.

Entre as novidades, o veículo contará com para-choque na cor do veículo, farol auxiliar, espelho retrovisor principal com regulagem elétrica e auxiliar com regulagem manual nos lados direito e esquerdo, travamento das portas e levantamento dos vidros também elétricos, além de rádio CD-Player Bluetooth com entrada USB e auxiliar.

Indicado para composições de semirreboques com três eixos (PBTC até 53 toneladas), o VW Constellation 25.360 está equipado com motor
Cummins ISL de 8,9 litros, 360 cv e 1.600 Nm, com tecnologia SCR (Redução Catalítica Seletiva). Apresenta ainda freio de cabeçote para reduzir a necessidade de utilizar o freio de serviço, proporcionando maior segurança na operação.

Recém-chegado também ao mercado argentino, o modelo atende diversas aplicações, com destaque para carga seca, furgão baú, furgão frigorífico, sider e tanque, entre outras, oferecendo maior produtividade para o transporte rodoviário.

Nova arquitetura eletrônica veicular da GM viabiliza chegada do carro do futuro


O presidente mundial da General Motors, Mark Reuss, anunciou hoje, nos Estados Unidos, o lançamento de uma nova arquitetura eletrônica veicular que irá viabilizar a chegada de uma nova geração de veículos elétricos e de sistemas mais avançados de condução autônoma, de conectividade e de segurança ativa - pilares fundamentais para a visão de futuro da GM, de zero acidente, zero emissão e zero congestionamento.

Com o salto evolutivo que darão os automóveis nos próximos cinco a dez anos, crescerá consideravelmente o fluxo de dados necessários para que todos estes novos equipamentos funcionem integrados entre si e se conectem também com sistemas externos de trânsito.

A nova arquitetura eletrônica veicular da GM estreia no Cadillac CT5 que chega às lojas da marca no fim deste ano e deve equipar globalmente a maior parte dos veículos da companhia até 2023.

Esta tecnologia é composta por um sistema eletrônico inteligente capaz de processar até 4,5 terabytes de dados por hora – cinco vezes mais do que a arquitetura corrente. Outra inovação é a capacidade de atualização remota de sistemas e suas funcionalidades por toda sua vida útil do veículo, similar ao que já acontece com smartphones.

Além disso, a inovação da GM proporciona mais rápida comunicação entre os sistemas do próprio veículo e entre fontes externas graças às conexões de internet de 100Mbs, 1Gpbs e 10Gbps.

A questão da segurança cibernética é outro pilar desta nova arquitetura eletrônica. O DNA do sistema inclui recursos adicionais de proteção tanto para hardware como para software que refletem a importância que a empresa dá a este tema.

A GM, aliás, foi a primeira fabricante de automóveis a criar um departamento dedicado a tecnologias de segurança cibernética com foco na proteção contra potenciais riscos de acesso não autorizado a veículos e a informações sigilosas de seus clientes.

A GM também foi a primeira grande fabricante a implementar um programa que estimula a comunidade de pesquisas em segurança cibernética a identificar possíveis vulnerabilidades em seus sistemas, afim de reforçá-los continuamente.

A GM ainda é membro do Auto-ISAC (Centro de Compartilhamento e Análises de Informações Automotivas), uma comunidade que envolve representantes do setor público e privado que compartilham experiências e avanços em segurança cibernética. Essa nova e importante tecnologia foi desenvolvida por um time global de especialistas da empresa em seus diversos centros de desenvolvimento pelo mundo.