quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

FORD LANÇA O APLICATIVO AUTO BUSCA PARA REPARADORES EM GOIÂNIA

A Ford deu mais um passo na expansão do Auto Busca, aplicativo de venda de peças automotivas para reparadores e oficinas independentes, que acaba de ser lançado em Goiânia. Considerada uma revolução no pós-venda, a plataforma se caracteriza por oferecer facilidade e rapidez na identificação, pagamento e entrega das peças, agilizando o serviço e maximizando a rentabilidade das oficinas.

Goiânia é a sexta cidade a receber o Auto Busca, que já está presente também em Porto Alegre (RS), Campinas (SP), Curitiba (PR), Florianópolis e São José (SC). Como oferta de lançamento, durante o primeiro mês de operação, todos os pedidos de Goiânia terão frete grátis. Para o atendimento às mais de 750 oficinas independentes da região, a Ford conta com a parceria da Navesa, concessionária de grande representatividade e tradição na cidade.
Estoque de peças

Junto com a expansão das localidades atendidas, a Ford também está ampliando progressivamente o portfolio disponível no aplicativo. A lista acaba de ganhar 200 novos itens e agora conta com um total de 2.700 peças de reposição para veículos fora do período de garantia. Eles incluem peças de alto giro, como: aditivo de radiador, amortecedores, baterias, componentes de
suspensão, discos e pastilhas de freio, embreagens, filtros, óleos para motores, palhetas e velas de ignição.

Ao fazer compras pelo Auto Busca, o reparador tem a garantia de encontrar somente produtos de qualidade, com preços e condições que podem ser comparados entre as concessionárias da Rede Ford. O pagamento pode ser feito em até 12 vezes no cartão de crédito ou por boleto bancário, por meio do Pagar.me. A entrega é realizada em parceria com a Loggi, que localiza o entregador mais próximo e permite o acompanhamento do pedido em tempo real.

Além disso, com o Auto Busca os reparadores têm acesso às informações do catálogo de peças da Ford para conferir a especificação de cada item e evitar compras erradas. No site Reparador Ford (www.reparadorford.com.br) os reparadores encontram todas as informações sobre o Auto Busca e podem verificar se o CEP da oficina já é atendido pela plataforma.

A chegada a Goiânia é mais uma etapa importante da sua implementação e seguiremos em forte expansão ao longo do ano para as regiões Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste.

Coluna do FERNANDO CALMON


Fernando Calmon
VENCEDORES E VENCIDOS
No ano passado as vendas de automóveis e comerciais leves cresceram 7,7% sobre 2018, um pouco abaixo das expectativas. O segmento de maior expansão (27%) foi o de SUVs compactos, porém os hatches subcompactos e compactos (incluídas versões “aventureiras”) continuam de longe o mais importante. Em números absolutos, somaram 1,027 milhão contra 421.000 unidades. Somados, todos os SUVs venderam 577.000 unidades.


Onix, Prisma e novo Onix ocuparam com grande folga a liderança absoluta e nos respectivos segmentos. Tudo indica que a tendência é de crescer ainda, a depender da política de preço que a GM praticar. O Renegade liderou pela primeira vez entre os SUVs compactos desde seu lançamento em 2015, mas nos últimos dois meses de 2019 o T-Cross o superou por margem mínima.


Outro SUV da Jeep, o Compass, continua com participação impressionante de 60%. Trata-se do maior percentual entre os 16 segmentos em que esta Coluna divide o mercado. Além do preço atraente, muitos dos seus concorrentes têm preço maior por serem importados.

A segunda e última mudança na classificação foi entre os sedãs médio-grandes com os BMW Séries 3 e 4 recuperando a liderança. Tiguan quase desbancou o SW4: a diferença entre os dois foi a menor do ranking, apenas 1 p.p.

Nosso ranking tem base técnica com classificação por silhuetas. A referência principal é distância entre eixos, além de outros parâmetros. O enquadramento às vezes implica dúvidas e a escolha, em pouquíssimos casos, torna-se subjetiva. Base de pesquisa é o Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam). Citados apenas os modelos mais representativos (mínimo de três) e em função da importância do segmento. Compilação de Paulo Garbossa, da consultoria ADK.

Hatch subcompacto:

Kwid, 55%; Mobi, 35%; up!, 9%. Kwid consolidou-se.


Hatch compacto:

Onix, 28%; Ka, 12%; HB20, 11%; Gol, 9,4%; Argo, 9,1%; Polo, 8,4%; Sandero, 6%; Fox, 4,4%; Yaris, 4,3%; Uno, 2,3%; Etios, 2,2%. Líder continua a avançar.


Sedã compacto:

Prisma+Onix Plus, 23%; Ka, 12%; Virtus, 11%; HB20, 9%; Voyage, 7,4%; Yaris, 6,9%; Logan, 6,2%; Cronos, 6%; Versa, 5%; Grand Siena, 3,7%, City, 3,4%; Etios, 3,1%; Cobalt, 3%. Vantagem tende a ampliar.


Sedã médio-compacto:

Corolla, 45%; Civic, 22%; Cruze 14%; Jetta, 9%. Inabalável liderança.


Sedã médio-grande:

BMW Série 3/4, 33%; Mercedes Classe C, 31%; Passat, 9%. BMW de volta ao topo.


Sedã grande:

BMW Séries 5/6, 38%; Mercedes Classe E/CLS, 26%; Panamera, 21%. Líder com menos folga.


Sedã de topo:

Mercedes Classe S, 51%; BMW Série 7, 42%; Jaguar XJ, 4%. Mercedes ameaçado.


Cupê esportivo:

Mustang, 52%; Camaro, 20%; BMW M2, 14%. Mustang tranquilo.


Cupê esporte:

718 Boxster/Cayman, 35%; 911 24%; BMW Z4, 23%. Domínio Porsche.


SUV compacto:

Renegade, 16%; Creta, 13,7%; Kicks, 13,3%; HR-V, 12%; T-Cross, 9%. EcoSport, 8%; Captur, 6,8%; Duster, 6,2%. Renegade, novo líder.



SUV médio-compacto:

Compass, 60%; ix35/Tucson, 9%; RAV4, 4%. Imbatível Compass.


SUV médio-grande:

SW4, 30%; Tiguan, 29%; Equinox, 10%. SW4 sob ameaça.


SUV grande:

Trailblazer, 33%; Volvo XC90, 10%; Range Rover Velar, 8%. Líder tranquilo.


Monovolume:

Fit/WR-V, 53%; Spin, 41%; C3 Aircross, 4%. Firme o Fit.


Picape pequena:

Strada, 53%; Saveiro, 29%; Oroch, 9%. Strada como sempre.


Picape média:

Toro, 33%; Hilux, 20%; S10, 16%. Liderança mantida.

ALTA RODA

Peugeot vai ousar nas ações de marketing com carros de teste. Pela primeira vez, quem deixar um SUV de qualquer marca na concessionária participante poderá usar por 24 horas um 2008 THP, topo de linha. Unidades de teste de outras marcas só ficam disponíveis por percursos limitados e com acompanhamento (não dá para levar e devolver no dia seguinte). É preciso agendar no site da marca.


Locadoras respondem hoje por metade das chamadas vendas diretas, ou seja, 22% dos 44% que representam a comercialização por meio de faturamento direto da fabricante para empresas (com CNPJ) ou PCD e taxistas (com CPF). Cada marca tem sua política de maior ou menor desconto para microempresas. Depende ainda do momento de mercado e do modelo, mas concessionárias disputam clientes como no varejo tradicional.



Corolla GLi atrai pela boa relação preço-benefício. Bancos mesclam couro e tecido, porém ar-condicionado não é digital. Suspensão ficou melhor e o câmbio CVT responde bem ao tirar o carro da inércia. Novo motor 2-litros destaca-se pelos 177 cv e ótimo torque. Como ficou mais econômico compensou em parte o tanque de combustível menor. Este é 17% menor que o anterior (perdeu 10 litros), contudo a autonomia caiu só 8% em estrada.

RESSALVA: Aston Martin tem 107 anos de vida (fundada em 1913) e não 197. Na coluna da semana passada houve erro de digitação.


PERFIL
Fernando Calmon (fernando@calmon.jor.br), jornalista especializado desde 1967, engenheiro, palestrante e consultor em assuntos técnicos e de mercado nas áreas automobilística e de comunicação. Sua coluna automobilística semanal Alta Roda começou em 1999. É publicada em uma rede nacional de 85 jornais, sites e revistas. É, ainda, correspondente no Brasil do site just-auto (Inglaterra).
Siga também através do twitter:  www.twitter.com/fernandocalmofernando@calmon.jor.br e www.facebook.com/fernando.calmon2


Toyota Racing Series: Estreia difícil não tira foco e motivação de Collet


O paulista Caio Collet volta às pistas a partir desta quinta-feira (23) para o início das atividades para a segunda etapa da Toyota Racing Series, principal campeonato de monopostos realizado na Nova Zelândia. No total, serão cinco finais de semana seguidos de disputas, sempre em rodada tripla.

A etapa deste sábado e domingo (25 e 26) acontecerá no curto traçado de 2,57 km de Teretonga Park, em Invercargill. A programação terá início com treinos coletivos na quinta-feira. Na sexta (24), serão mais três treinos livres. No sábado, acontece o classificatório para a corrida 1 e a disputa da primeira prova, a partir das 15h09 local (ainda 23h09 de sexta-feira no Brasil).

No domingo, os pilotos disputam o classificatório para a corrida 3. A segunda prova tem o grid definido pela ordem de chegada na corrida 1 e os seis primeiros invertidos. A corrida 2 acontecerá às 11h42 local de domingo (19h42 de sábado no Brasil) e a terceira às 16h06 local (0h06 de sábado para domingo no Brasil). As corridas 1 e 2 terão 20 voltas e a última prova 25.

Integrante do Renault Sport Academy, Collet participa da competição neozelandesa pela primeira vez a bordo do carro #23 da equipe MTEC Motorsport. No último fim de semana (18 e 19), na pista de Highlands Motorsport Park, o piloto mostrou velocidade, liderando um dos treinos livres, conquistando a pole para a corrida 1 e o segundo lugar no grid para a corrida 3. Mas, nas disputas das provas, alguns problemas tiraram o piloto do pódio.

“Depois de disputar a primeira etapa, estou bem motivado para voltar. A melhor forma de ‘curar’ um fim de semana ruim é correndo de novo e buscando os pódios e as vitórias. Então, estou focado ao máximo pra isso”, destacou o
piloto de 17 anos.

A Toyota Racing Series é disputada com os mesmos chassis da Fórmula Renault Eurocup (FIA F3 Tatuus) e pneus Hankook. Por isso, também é considerada um ótimo preparativo para a temporada 2020 do campeonato europeu, onde Collet fará sua segunda temporada este ano a partir de abril.

O “live timing” das etapas da Toyota Racing Series pode ser acompanhado pelo site www.race-monitor.com e as corridas em livestream no www.motorsport.com.br  .

PIRELLI APOIA EQUIPE DE CICLISMO WORLD TOUR TEAM TREK-SEGAFREDO


A Pirelli acelera sua estratégia para um envolvimento cada vez maior no ciclismo profissional e anuncia parceria com a prestigiada equipe World Tour Team Trek-Segafredo. A primeira presença oficial após a assinatura da parceria está em andamento no Santos Tour Down Under, na Austrália, onde os atletas da equipe, incluindo o atual campeão mundial da UCI, Mads Pedersen, estão andando com os pneus tubulares P Zero Velo da Pirelli.

As competições nos níveis mais altos fazem parte do DNA da Pirelli, que possui
mais de 110 anos de história esportiva apoiando atletas e equipes nos desafios mais importantes. A parceria com a Trek-Segafredo se encaixa nesse contexto: a equipe faz das escolhas técnicas um carro-chefe, como o pioneirismo em utilizar freios a disco em suas bicicletas de corrida. Essa evolução tecnológica explica a escolha da Pirelli de estar presente em competições que atuam como laboratórios ao ar livre para desenvolver produtos que depois se tornam padrão e disponíveis comercialmente. Além disso, a Trek-Segafredo é um dos times mais ativos do mundo no ciclismo profissional feminino, ficando entre os cinco primeiros na prova Union Cycliste Internationale.

Com essa nova parceria, a Pirelli continua sua trajetória no ciclismo iniciada em 2017 nos níveis mais altos. Essa continuação no setor de bicicletas é um passo natural para a empresa, já que são um meio de transporte sustentável, com impacto ambiental zero, o que está alinhado com os principais pontos fortes da Pirelli. A fabricante é líder mundial em sustentabilidade e foi nomeada, em 2019, como a líder no setor automotivo.

O aspecto tecnológico está no centro dessa parceria com a Trek-Segafredo, pois também haverá uma comparação contínua com desenvolvimento técnico do produto, com ênfase especial nos novos pneus tubulares P Zero Velo. O resultado desse processo de teste e validação de desempenho, que continuará corrida após corrida, levará a uma melhoria do produto que será disponibilizado pela Pirelli para todos os fãs.

Após a parceria com a equipe Mitchelton-SCOTT World Tour, que também foi renovada para 2020, a Pirelli equipará outra grande equipe do principal circuito da UCI, preparando-se para enfrentar uma grande temporada de ciclismo em 2020.

Caminhões VW garantem produtividade no campo para empresa argentina


Especializada em prestar serviços a produtores agropecuários, a Duckas investe em soluções para aumentar sua eficiência e entregar cada vez mais produtividade. Para tanto, há cerca de cinco anos, elege os caminhões VW para atuar tanto na fertilização e preparação das reservas quanto na colheita de seus clientes da zona rural Argentina.

“Começamos a trabalhar com um modelo VW de 13 toneladas e 180 cavalos de potência. Hoje temos até um Constellation de 31 toneladas com tração 6x4 e estamos tentando adotar cada vez veículos maiores”, explica Patricio Aguirre Saraiva, presidente da Duckas, que tem 43 caminhões próprios em sua frota.Por trás dessa expansão, está a confiança na robustez dos veículos
Volkswagen.



A marca Volkswagen Caminhões e Ônibus tem mais de 20 anos na Argentina. Desde a primeira venda para o país em 1998, a montadora oferece  atendimento  em uma rede de concessionárias com 17 pontos de atendimento, e um portfólio robusto para assegurar a sustentabilidade do relacionamento com os clientes.


Ducati com até 05 anos de garantia


Estilo, Sofisticação, Performance e Confiança. O quarto pilar da marca Ducati, apresentado mundialmente no World Ducati Week, em outubro de 2019, foi introduzido para reforçar aos clientes Ducati que a marca italiana assegura a confiabilidade de seus produtos.

No Brasil, a Ducati traduziu a força deste pilar no seu mais novo serviço ao consumidor: Ever Red

O Ever Red – exclusivo programa de garantia estendida de fábrica Ducati, é o único do mercado que oferece ao consumidor a opção de estender a garantia original de fábrica por mais 12, 24 ou 36 meses, além dos 24 meses originais.
O novo serviço é válido para tanto para motos novas quanto usadas.
Além de garantir a valorização da motocicleta, o cliente que optar pela aquisição do Ever Red terá como principais benefícios:
-Reparos nas concessionárias Ducati em todo o Brasil
-Serviço de guincho 24 horas sem limite de quilometragem
-Garantia de bom funcionamento da motocicleta

E tudo dentro das mesmas condições da garantia original da fábrica. Ou seja, o cliente deve realizar integralmente o plano de manutenção e de revisões periódicas estabelecido pela Ducati, de acordo com o manual do usuário.

Motor, transmissão, sistema de freio, componentes de suspensão, injeção eletrônica, painel, circuito elétrico e eletrônico e sistema de direção estão cobertos pelo plano Ever Red. Isto sem contar com assistência à disposição, como reboque em caso de pane elétrica ou mecânica. E o usuário poderá utilizar o serviço de táxi para até 100 km em caso de uma das panes citadas anteriormente.

A partir da sua contratação, a garantia estendida Ever Red fica vinculada ao chassi da motocicleta, garantindo a assistência da motocicleta para o novo usuário dentro do prazo contratado.

Os valores do Ever Red são os mais acessíveis do mercado. Para adquirir a extensão de garantia de fábrica por 12 meses adicionais para o modelo Monter 797, por exemplo, o cliente pagará R$ 610,37 se o serviço for contratado em até 90 dias após a compra da moto. Já para o modelo Multistrada 1260 S, a opção de estender a garantia de fábrica em mais um ano custa R$ 1.130,15.Os valores podem ser financiados através do VWFS.

Iveco Defence Vehicles fornecerá 2.900 caminhões às Forças Armadas da Romênia


A Iveco Defence Vehicles assinou um acordo com o Ministério da Defesa Nacional da Romênia para o fornecimento de até 2.900 caminhões de alta mobilidade. O primeiro lote, com 942 veículos, será entregue ao longo de quatro anos, a partir de 2020. O contrato inclui quatro plataformas logísticas militares da gama de caminhões de alta mobilidade da marca: 4x4, 6x6, 8x8 e 8x8 Prime Mover, que podem resultar em até 16 versões diferentes, entre as quais aproximadamente um terço conta com cabine blindada. 

Ao serem equipados com o Sistema Central de Inflação de Pneus (CTIS), luzes black-out, motores que funcionam com dois tipos de combustíveis, guinchos de reboque e eixos trativos, eles podem oferecer mobilidade excepcional, capacidade de travessia de cursos dágua e transporte aéreo por meio do cargueiro Hércules C-130, a fim de fornecer apoio tático para qualquer operação militar. 

quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

Lexus NX 300h 2020 chega com mais conectividade e segurança


A Lexus anuncia o lançamento da linha 2020 do SUV compacto premium NX 300h, que chega ao mercado brasileiro equipado com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto em todas as versões. Outra novidade é o pacote de segurança ativa Lexus Safety System, composto por itens que garantem mais segurança ao motorista e demais ocupantes do veículo.

As três versões do NX disponíveis no mercado brasileiro são a Dynamic, Luxury e F-Sport, todas com itens de série que elevam o conforto a bordo e aprimoram a experiência de condução dos consumidores que privilegiam design moderno, desempenho superior, equipamentos de alta tecnologia e acabamento refinado.

A versão topo de linha, a F-Sport, agora é equipada com monitor de ponto cego, que avisa o motorista sobre a presença de outros veículos ao redor, além de uma câmera 360º, permitindo que o condutor tenha uma visão geral do
tráfego e da área externa a fim de evitar acidentes em situações de manobra.

Desde que foi lançado por aqui com motorização exclusivamente híbrida, em 2018, o NX 300h marcou um novo e importante momento na trajetória da Lexus no Brasil em direção à eletrificação de todo o seu portfólio.

Conectividade
Com o objetivo de aprimorar a experiência de conectividade dos clientes, a Lexus oferece os sistemas Android Auto e Apple CarPlay em todas as versões do novo NX 300h. Com uma interface simples e intuitiva, é possível espelhar os principais aplicativos de um smartphone e utilizá-los no painel do veículo. Entre eles estão Google Maps, Waze, Spotify, Apple Music, WhatsApp, além das funções de ligação e mensagens de texto originais de cada sistema.

O sistema Lexus Hybrid Drive, que equipa a linha NX 300h 2020, combina o prazer de dirigir com um potente motor a gasolina com a economia
proporcionada pelo motor elétrico. Dessa forma, o modelo possibilita uma experiência de condução extremamente confortável e silenciosa, além de estabelecer uma combinação implacável de desempenho, eficiência de combustível e redução na emissão de gases poluentes.

O sistema híbrido do NX 300h combina dois motores - um a gasolina de 2.5L de quatro cilindros 16V e um elétrico síncrono de imã permanente que propicia melhor relação peso/potência e maior eficiência. O motor a combustão tem potência de 155 cv a 5.700 rpm e torque de 21,4 kgfm a 4.400 giros. O elétrico gera, isoladamente, 143 cv de potência e torque de 27,53 kgfm. Juntos, os dois motores resultam em potência combinada de 200 cv.

Para aprimorar a experiência de condução, o NX 300h conta com transmissão Hybrid Transaxle em todas as versões. Esse tipo de transmissão proporciona aceleração mais linear, que reduz ou aumenta continuamente as marchas, de acordo com a demanda do motor, sem desperdiçar energia, contribuindo para a eficiência de combustível.

O interior do NX 300h segue respeitando de forma fiel o compromisso da Lexus com os princípios da hospitalidade Omotenashi, que combina a sensação urbana do veículo com a beleza estrutural e funcional de uma máquina de alta performance. A qualidade artesanal exclusiva da Lexus também é amplamente perceptível por conta do trabalho realizado pelos Takumis, mestres artesãos da marca.

Seguindo os preceitos de luxo da Lexus, os acabamentos internos usam materiais requintados que remetem diretamente ao conceito premium, como detalhes em padrão couro no volante, nos bancos, na manopla de transmissão, no painel e no console central, além de revestimento no painel central e nas portas de padrão madeira para a versão Luxury e metal para a F-Sport. Na versão topo de linha, foram acrescentadas ainda ornamentações exclusivas no painel, costuras e perfurações diferenciadas, bem como bancos em formato esportivo, pedais de alumínio e emblema da versão no volante.

Entre os principais itens e equipamentos que contribuem para elevar a percepção, o conforto e a conveniência a bordo do NX 300h, destacam-se a tela de LCD para o sistema multimídia exclusivo da Lexus, presente na linha
desde o ano passado, com 10.3’’ para as versões Luxury e F-Sport e 8’’ para a Dynamic. O sistema multimídia é compatível com TV digital (nas versões Luxury e F-Sport), rádio AM/FM, DVD player, CD-R/RW, MP3, WMA, sistema Bluetooth com microfone e amplificador, além de Android Auto e Apple CarPlay. A câmera de ré com linhas guias foi mantido para a versão Luxury enquanto a F-Sport tem câmera 360°.

As cores disponíveis para o NX 300h são: Branco Sônico, Preto Grafite, Cinza Mercúrio, Cinza Titânio, Prata Platinum, Vermelho Coral, Marrom Âmbar e Azul Meteoro. As cores Azul Olímpio e Laranja Lava são exclusivas para a versão F SPORT. Já as cores internas são preta (Dynamic), bege, preta e caramelo (Luxury) e branca com preto, preta ou granada com preto (na versão F-Sport).

Pipo Derani inicia nova temporada no IMSA e disputa 24H de Daytona


Como já faz parte da tradição, mais uma temporada do IMSA WeatherTech SportsCar Championship terá início neste fim de semana (25 e 26) com a disputa de uma das principais provas do endurance mundial.

Campeão da corrida em 2016, em sua primeira tentativa, e vice-campeão no ano passado, o brasileiro Pipo Derani não vê a hora de acelerar o # 31 Whelen Engineering Racing Cadillac DPi-V.R, da equipe Action Express, na 58ª edição das 24 Horas de Daytona.

Em sua segunda temporada com a Action Express, Derani seguirá como companheiro do compatriota Felipe Nasr na temporada regular. A dupla também terá o português Filipe Albuquerque nas provas de longa duração do campeonato (Daytona, Sebring, Watkins Glen e Petit Le Mans). E, em Daytona, eles também dividirão o carro com o britânico Mike Conway.

Com apenas 26 anos, Derani já é um dos principais nomes do endurance mundial. Além da vitória em Daytona em 2016, já faturou três vezes as 12 Horas de Sebring (2016, 18 e 19). Fora dos Estados Unidos, também tem grandes conquistas e é um dos poucos pilotos a conquistar pódios na história do FIA WEC nas categorias LMP1, LMP2 e LMGTe Pro.

Em 2019, o brasileiro conquistou, ao lado de Nasr, o título do Campeonato Norte-americano de Endurance e a dupla foi vice-campeã do IMSA, terminando
a temporada com uma grande vitória nas 10 Horas de Petit Le Mans. O objetivo para 2020 é seguir evoluindo e estar novamente na luta pelos títulos.

Em 2019, o #31 Whelen Engineering Cadillac DPi-V.R ficou muito próximo da vitória em Daytona, liderando boa parte da corrida, que foi marcada por uma forte chuva, que causou seu encerramento antes do previsto.

Os treinos livres em Daytona terão início nesta quinta-feira (23). Serão duas sessões pela manhã e uma no período da noite. No mesmo dia, a partir das 19h05 (de Brasília), será realizado o classificatório. Na sexta-feira (24), os pilotos terão mais um treino livre para os últimos ajustes.

No sábado, a prova terá sua largada às 15h35 (de Brasília). O Fox Sports exibirá a largada e seguirá ao vivo até às 19 horas. No domingo, transmitirá as horas finais da disputa, a partir do meio-dia.

Hector Assunção participa de etapa “Tríplice Coroa” no AMA Supercross


A quarta etapa do AMA Supercross 2020, a última com participação do brasileiro Hector Assunção, da equipe Honda Racing, será diferente das três primeiras. No próximo sábado (25), a tradicional competição da modalidade será realizada em Glendale, no Arizona, em formato “Tríplice Coroa”, ou seja, com três corridas principais.
 
Em pré-temporada nos Estados Unidos há cerca de um mês, Assunção, atual campeão do Arena Cross, na categoria Pró, está aproveitando a oportunidade para evoluir na modalidade e voltar com mais experiência para as competições nacionais, que começam a partir de março no Brasil.
 
Depois de um bom resultado na etapa de abertura do AMA Supercross, em Anaheim, na Califórnia, na qual avançou à sessão noturna, o paulista de 27 anos não se classificou para as corridas da classe 450SX da terceira etapa, também realizada em Anaheim. “Senti que estava bem melhor do que na primeira etapa. Evolui nos duplos e triplos, mas as costelas estavam bem difíceis e não quis arriscar. Até então só tinha feito oito treinos de supercross, o que é muito pouco para uma grande performance nessa parte da pista. Foi exatamente aí que perdi tempo. E muita gente boa caiu e se machucou lá no último sábado. O próprio Ken Roczen – piloto da Team HRC e líder do campeonato – escreveu nas redes sociais que não estava muito confiante nessa parte das costelas”, comenta Assunção, que acelera a motocicleta CRF 450R.  
 
O formato “Tríplice Coroa” é realizado em apenas três etapas no ano. Além dessa, a oitava rodada em Arlington, no Texas, no dia 22 de fevereiro, e a 16ª em Las Vegas, em Nevada, terão a programação diferenciada.    
 
Embora mais desafiador, para o brasileiro é mais uma oportunidade de vivenciar a competição. “Com essa disputa, a vaga para as principais corridas fica mais difícil, com menos chances de passar, já que não tem as corridas classificatórias. A pista de Glendale tem apenas uma seção de costelas e o terreno é firme e duro, mais parecido com o Brasil. Espero ter um bom desempenho e encerrar bem a minha pré-temporada aqui nos Estados Unidos”, completa Assunção.  

Triumph bate recorde de vendas no Brasil em 2019, superando a marca das 5 mil motos


As vendas da Triumph no mercado brasileiro continuam em crescimento e, em 2019, bateram um recorde histórico, superando pela primeira vez a marca das 5.000 motocicletas. Foram emplacadas 5.321motocicletas entre janeiro e dezembro – número que indica um crescimento de 21% sobre o volume emplacado ao longo de 2018. Além disso, esse percentual é bem superior ao crescimento do mercado brasileiro de motos acima de 500 cc, que foi de 16% no ano passado. Para 2020, a meta é crescer mais 10%, se aproximando bastante de outra marca emblemática – as 6.000 motos por ano. 

Outro dado muito importante que chama a atenção no resultado das vendas em 2019 é o grande market share da fabricante inglesa no País. A Triumph obteve uma participação de 14,1% nas vendas de motos do seu segmento (acima de 500 cc), considerando o volume de modelos efetivamente emplacados (5.321 motos). No mundo todo, esse percentual só perde para o market share da empresa na Inglaterra, que foi de 15,9%. Além disso, para se ter ideia do que essa participação representa, a terceira colocada no ranking é a França, com 8,9% - muito abaixo do Brasil, portanto. 

A motocicleta Triumph mais vendida no Brasil em 2019 foi a Tiger 800, que pertence ao segmento Adventure. Ela teve 2.835 unidades comercializadas no varejo em suas diversas configurações. O segmento Adventure segue liderando com folgas as vendas da empresa no País, respondendo por 75% do volume total no varejo, seguido pelas Clássicas, com 20%, e pelas Roadsters, com 5%. No segmento Adventure estão as Big Trails Tiger 800 e Tiger 1200, ambas consideradas verdadeiras referências para o público deste setor. O Brasil é um
case de grande sucesso entre todas as subsidiárias Triumph pelo mundo quando o assunto é o segmento Adventure. 

A Triumph é reconhecida, cada vez mais, como referência no segmento de motocicletas clássicas. Esse tipo de moto vem caindo no gosto do motociclista brasileiro. 

Só em 2019, aqui no Brasil, a Triumph lançou sete novidades para o consumidor: Bobber Limited, Bobber Black, Nova Scrambler 900, SpeedTwin, Nova Street Twin, Bonneville T120 Ace e Scrambler 1200.

A Rede de concessionárias Triumph já está comercializando a garantia adicional para toda a linha de motos da marca. 

BMW M135i xDrive estreia no Brasil


O novo BMW M135i xDrive já está disponível na rede de concessionárias autorizadas da marca no Brasil ao preço sugerido de R$ 269.950. A configuração mais apimentada do hatchback premium chega como opção à versão 118i Sport GP, que estreou no país em novembro do ano passado. 

Externamente a versão esportiva se diferencia pelo pacote M aerodinâmico, que inclui os novos para-choques, spoiler traseiro, retrovisores revestidos e o novo design das rodas de 18 polegadas. Os faróis full-LED adaptativos são separados pela grande no tradicional formato em duplo-rim, que ganhou interior em colmeia na versão esportiva e, pela primeira vez, está unida ao centro nesta nova geração do modelo.

O moderno propulsor BMW TwinPowerTurbo 2.0 de quatro cilindros desenvolve 306 cavalos de potência entre 5.000 rpm e 6.250 rpm (166 cv a mais que a versão 118i Sport GP) e 450Nm de torque entre 1.750 rpm e 4.500 rpm (230Nm de torque a mais que a versão 118i Sport GP) impulsiona o modelo de 0 a 100 km/h em apenas 4,7 segundos (3,8s a menos que a versão 118i Sport GP) e à velocidade máxima de 250 km/h. Conectada a uma transmissão automática esportiva de oito marchas, a unidade foi submetida a uma série de aprimoramentos individuais para melhorar sua eficiência, o que resultou em menores consumo e emissões de partículas. O conjunto dinâmico é otimizado ainda com a suspensão M Sport e freios M Sport, tornando o modelo ainda mais seguro e divertido.

O BMW M135i xDrive tem como principais equipamentos a função start/stop; regeneração de energia de frenagem; airbags frontais, laterais dianteiros e cortinas dianteiros e traseiros; controles de estabilidade e tração; retrovisores externos com declinação e rebatimento; pacote interno de conveniência; ajuste de lombar para motorista e passageiro; ar-condicionado automático digital com controle de 2 zonas; pacote de iluminação  e Comfort Access 2.0, que acende luzes de boas-vindas quando o motorista se aproxima a três metros do veículo portando a chave. À 1,5 metro do veículo, as portas se destrancam e, afastando-se dois metros, o veículo se tranca novamente. Tudo isso além da abertura do porta-malas por meio de aproximação do pé do para-choque traseiro

Em termos de tecnologia e conectividade, o modelo oferece Head-up Display; sistema de som Surround Harman Kardon com 16 alto-falantes; sistema parking assistant com câmera de Ré e sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, que mede os espaços para estacionar automaticamente através das câmeras e sensores do veículo, que realiza todas as manobras com máxima precisão, economizando tempo e garantindo o conforto do motorista enquanto estaciona. Já o sistema Reversing Assist registra os últimos 50 metros percorridos, podendo, se desejado, “desfazê-los” em marcha ré.

Já o BMW Live Cockpit Professional se refere à duas telas, sendo o display digital de 10,25” e o iDrivede 10,25”, além de interfaces disponíveis e requisitos técnicos para opções operacionais controle de voz.  

O BMW Intelligent Personal Assistant (IPA) é um sistema capaz de
executar inúmeras funções no veículo ou explicar o funcionamento de equipamentos sendo ativado através da voz com a frase “Olá BMW”, ou qualquer outra frase que for programada. Além disso, o sistema é capaz de aprender os hábitos do motorista e adaptar suas funções, como por exemplo, ligar automaticamente o aquecimento dos bancos em certa temperatura.

Além disso, a conexão com a internet é realizada por meio de um SIM Card que permite ao cliente obter informações sobre condições de trânsito em tempo real, entre outras funcionalidades oferecidas pelo sistema ConnectedDrive. Por meio deste recurso, o usuário é alertado sobre a necessidade de manutenção de componentes (Teleservices); recebe informações sobre pontos de interesse, programações de salas de cinema, recomendações de restaurantes, efetua reservas em hotéis (Concierge); e pode acionar os serviços de emergência em
caso de acidente (Chamada de Emergência Inteligente).

O BMW M135i xDrive está disponível em cinco opções de cores externas: a sólida Branco Alpino, e as metálicas Preto Safira, Vermelho Melbourne, Cinza Mineral e Azul Misano. Há ainda cinco opções de revestimento interno: Couro Dakota Preto/Preto; Couro Dakota Mocha/Preto; Couro Dakota Oyster/Preto; Couro Dakota Magma Red/Cinza e Couro Dakota Preto/Azul.

Harley-Davidson do Brasil reduz preço das motocicletas da família Sportster


A Harley-Davidson do Brasil anuncia que, a partir de 15 de janeiro de 2020, as motocicletas da família Sportster comercializadas no Brasil passarão por redução nos preços.

Porta de entrada para o mundo Harley-Davidson no país, equipada com o motor Evolution de 883 cm³ de cilindrada, muita atitude e pegada urbana, a Iron 883™ (ano/modelo 20/20) tem seu preço de R$ 43.900,00 por R$ 39.900,00.

Já a Iron 1200, com acabamentos escurecidos, grafismo ousado e retrô no tanque de combustível, equipada com o motor Evolution de 1.202 cm³ de cilindrada, ano/modelo 20/20, tem seu preço de R$ 47.400,00 por R$ 43.900,00.

Vale lembrar que durante todo o mês de janeiro de 2020 continuam valendo as condições especiais da Harley-Davidson do Brasil para a compra de diversas motocicletas da família Softail. O destaque fica por conta da musculosa FXDR 114 (ano/modelo 19/19), equipada com o forte motor Milwaukee-Eight 114, que
entrega 16,11 kgf.m de torque a 3.500 rpm, filtro de ar esportivo, ousado escapamento 2 em 1, suspensão dianteira invertida, rodas e balança em alumínio. Quem utilizar uma motocicleta seminova no negócio contará com uma supervalorização de R$ 10 mil até o dia 31 de janeiro.

Aqueles que buscam uma motocicleta que ao mesmo tempo mostra sinais do desenho clássico da linha Touring e delineia uma forma compacta e contemporânea da família Softail, podem aproveitar as condições do mês de janeiro de 2020 para a Sport Glide. Clientes a fim de adquirir a motocicleta que apresenta a customização de fábrica, permitindo mudar o estilo de acordo com o uso da motocicleta, seja em viagens longas, uso diário a trabalho ou em passeios, terão valorização de R$ 5 mil na troca da seminova.

Quem estiver interessado na Harley-Davidson Fat Bob 114, ano/modelo 19/19
e 19/20, também desfrutarão de condições únicas na troca da motocicleta usada, Durante todo o mês de janeiro de 2020 os clientes terão uma valorização de R$ 5 mil no modelo anterior, tudo isso para tornar mais fácil a realização do sonho de possuir uma Harley-Davidson única.

A Harley-Davidson Fat Boy 114, ano/modelo 19/19 e 19/20, aclamada estrela internacional de cinema, também está com oportunidades únicas até o dia 31 de janeiro. Quem utilizar uma motocicleta seminova na compra da H-D Fat Boy 114, conta com valorização de R$ 5 mil.

As motocicletas da Harley-Davidson do Brasil estão disponíveis para test ride em toda a rede de concessionárias autorizadas da marca no País, de acordo com a disponibilidade dos modelos na rede. Para agendar, basta acessar o site https://testrides.harley-davidson.com/pt_BR e se inscrever. Para consultar a loja Harley-Davidson mais próxima, acesse www.harley-davidson.com/br/pt/find-a-dealer.html.