sexta-feira, 20 de julho de 2018

Roberto Nasser - De carro por aí


Coluna 2918 - 20.7.2018 - edita@rnasser.com.br


Para novos clientes, VW automatiza
Na arrancada para manter crescimento, fazer lucros e retomar liderança perdida há 15 anos, Volkswagen desenvolveu projeto de produtos e R$ 7B em investimentos. Realiza a maior ofensiva de mercado no Brasil alinhando mostrar 20 lançamentos até 2020. Num leque de ações, desde a adoção do rótulo de Nova Volkswagen para assinalar nova postura a públicos interno, externo, revendedores, até a consciência da bobeada de não possuir utilitários esportivos em sua grade de produtos.

Agora, assumindo a distribuição de seus produtos para a América Latina, inicia passos com criação de versões de produtos já existentes. Primeiro deles, novos Polo e Virtus com opção de transmissão automática. Intenta aproveitar a desorganização do trânsito das cidades para oferecer o equipamento pró conforto. Também, segmento importante, satisfazer demanda de pessoas com deficiência – PCD.

Passo importante para segmentação de Polo e Virtus, ambos baseado na nova plataforma universal MQB, dinamizará o mercado com imaginada ao empregar motor da série 211 – o quatro cilindros com 1,6 litro de deslocamento, aspiração atmosférica, 117 cv de potência. O câmbio possui 6 velocidades, tem mecanismo pró economia, bloqueador do conversor de torque dito Roda Livre, e a opção de troca manual Tiptronic.

Complementam a linha, iniciada como 1,0 e 1,6 aspirado e turbo.
Adicionará às características o fato de serem projetos modernos, contidos em peso, com o menor custo de reparabilidade, e os melhores classificados no item segurança.

Aliás
Para ampliar vendas da nova família Polo e Virtus, construídos sobre a plataforma modular MQB, VW quer ter novidades no Salão do Automóvel, em S Paulo: versões GTS de ambos os modelos.

Sigla filologica e morfologicamente inadequada – afinal GT é abreviatura de Gran Turismo, gabaritando apenas veículos de duas portas e com limitado espaço interno -, intenta identificar versões com aparência e melhor performance. Identificador maior, o motor 1,4 litro, injeção direta e turbo alimentador 150 cv e 255 Nm de torque.

Pontos decorativos como ser rebaixados em 1 cm, rodas em liga leve e 18”, decoração interna inspirada no Polo europeu, possíveis freios a disco nas 4 rodas.

Mais
Empresa apresentará próxima semana Fox e Voyage com transmissão automática tracionada pelo motor 1,6 EA211. Os arranjos para o Polo e Virtus enzimatizaram a decisão de fazer. Com isto empresa abre enorme leque de preços e opções para reter e conquistar clientes.

Cupê, ágil e para poucos, o Honda Civic Si
Honda mudou o seu modelo líder de tecnologia na família Civic, e sinaliza qual o futuro. Modelo 2019 agora é um cupê e o motor, antes aspirado, representa o novo caminho: 1,5 Turbo.

É coerente na proposta quase individualista – ante a contida quantidade oferecida. Preço equilibrado, R$ 162 mil; é muito bem ajustado mecânicamente, permitindo segurança e performance ao condutor. Motor tem a mesma base do oferecido no Civic turbo, mas apresenta alguns ajustes diferentes, produzindo 208 cv e 25,5 m.kgf de torque, entregues à caixa de marchas mecânica com seis velocidades. Mantém a tradição de boa compatibilidade entre os órgãos mecânicos – motor, transmissão, suspensão, freios a disco nas 4 rodas e direção elétrica com relação variada. Suspensão adaptativa, modos de regulagem do motor, pneus pró performance integram o projeto.

Questão básica é a quantidade, apenas 60 unidades neste ano. Honda informa ser disponível em todos os revendedores da marca, mas realidade é mais crua: todos pode vende-lo, mas ve-lo no salão de exposições será raridade – a rede Honda é numericamente quase quatro vezes maior ante o volume a ser importado. E das seis dezenas, deduza uma unidade: presidente da Honda no Brasil, Issao Mizoguchi foi a um revendedor paulistano, não aceitou desconto, e adquiriu a primeira unidade liberada.
Assim, querendo, quebre o porquinho e corra.

Roda-a-Roda
Também – Não se sabe se influência brasileira nos costumes mercosulinos, governo argentino por sua Dirección Nacional de Defensa del Consumidor convocou Volkswagen e FCA a fazer re call no novo Tiguan Allspace e nos picapes RAM 1500 e 2500. É a primeira intervenção do órgão. Antes assunto corria por conta dos importadores.

O que – No caso do Allspace, nova versão de 7 lugares, problema está no eixo dianteiro, com risco de perda de tração, e na bolsa de ar em frente ao motorista – montada erroneamente pelo fornecedor. No RAM o problema técnico se localiza na alavanca de câmbio, capaz de cair da posição Parking – estacionado, para Drive, andar.

Definição – Administrando doses homeopáticas – forma de preparar o mercado e manter atenções até o lançamento – Volkswagen informou ter definido motorização das primeiras séries do SAV T-Cross: 1,0 e 1,4 com injeção direta de combustível e turbo alimentador. Transmissão automática 6 velocidades.

Classe – Quer identificá-los como performáticos. Depois, versão 1,6 aspiração natural e transmissão mecânica. Leitor já percebeu, turbo marca o futuro – e separa classes.

Situação – Nissan ajeita os últimos parafusos para iniciar produção do picape Frontier na Argentina. Junta engenheiros da marca, espalhados pelo mundo, para compatibilizar as raízes da engenharia japonesa com as peculiaridades locais. Em essência quer dizer, o produto será bom.

E ? – O objetivo declarado é ser adaptado às necessidades da América Latina. Na prática muito mais adequado se comparado com o atual modelo mexicano. Faltou explicar aos seus compradores a defasagem para o uso no Mercosul, um atestado de 2o. nível relativamente ao modelo em gestação.

Visão – Piloto Lucas Di Grassi será um dos palestrantes no Global Agrobusiness Forum. Encontro mundial em S Paulo, reúne especialistas em negócios para aproveitar visões no segmento. Grassi  falará sobre o Futuro da Mobilidade e as tecnologias mutantes do dia a dia do universo motorizado, e o automobilismo como laboratório propagador da nova matriz energética.

Derrapagem – Nota da semana passada a respeito de filme incluindo o desenvolvimento do Ford GT 40 como ferramenta mecânico-emocional para infringir derrota acachapante à Ferrari, suprimiu informação importante: a Ford estava comprando a marca italiana e, à hora da assinatura, o Comendador Enzo pronunciou algumas palavras em dialeto da Regio Emilia, levantou-se, saiu.

E ? - Toda a entourage, Leo Beebe, negociador da Ford, advogados, aspones, o tradutor oficial, ficou sem entender informação e postura, sentados, à espera do retorno de Ferrari – nunca ocorrido. Daí a reação de Henry Ford II, o neto, em franquear orçamento para criar carro e equipe para derrotar a marca italiana nas 24 Horas du Mans, mítica corrida de resistência na França.

Leitores – Luciano Brasil, engenheiro no Senado Federal, cobrou a ausência do porquê, e Alain Tissier, ex Vice Presidente da Renault, á época estudante, aduziu ter assistido às edições onde os Ford GT 40 venceram a Ferrari.

Mercado – Kawasaki busca nova clientela e investiu na transformação de seu modelo Sport Touring, o Ninja H2 SX SE. Investiu em todos os setores da motocicleta para transformá-la num veículo para dois usuários. 

Como - Novo chassis em treliça, maior distância entre-eixos, motor revisado, mudança no rotor do compressor, re trabalho nas câmaras de combustão, angulação do comando de válvulas. Com isto o motor L4, 998 cm3, faz 210 cv!
Preço proporcional: R$ 130 mil.  

Presença – VW iniciou vender na Argentina seu caminhão Constelation 25.360, motor Cummins 8,9 litros, 360 cv, 6x2, adequado à nova legislação de emissões.

Ainda não – Bom senso do governo de Maurício Macri na vizinha Argentina, frearam estudos e possibilidades de a Argentina voltar a ser a prova de abertura da temporada de Fórmula 1.  Para reduzir custos, adequariam o circuito de Oscar Galvez para a classificação Grau 1 da FIA, permitindo provas do mundial de F 1 e Motos. Mas a recessão no vizinho país e a forte desvalorização do dólar postergou o interesse.

Solução – Se querem resolver, adotem a solução brasileira testada durante a passada Copa do Mundo de Futebol. Qualquer dos governadores brasileiros, destes empreendedores, construtores de estádios caríssimos, ociosos, sabem como gerir contas infladas, não entregar obras nos prazos e se esconder para não honrar o combinado. Tais mandatários, no governo Lulo-dilmo-petista assim o fizeram, saíram bem na fita e deixando-nos conta para pagar ad aeternam.

Gianluca Petecof acelera em Hockenheim em fim de semana junto à Fórmula 1


Depois de um mês e meio de intervalo, o Campeonato Alemão de Fórmula 4 continua neste fim de semana para Gianluca Petecof com a disputa da etapa de Hockenheim. Será a única vez no ano que a programação da F4 será em conjunto com a da F1, que terá o Grande Prêmio da Alemanha.

Diante disso, será uma boa oportunidade para o piloto da Academia Shell Racing mostrar potencial para os chefes de equipe da principal categoria do automobilismo mundial, além de reencontrar o tetracampeão Sebastian Vettel, com quem vem mantendo contato nos últimos anos por intermédio da Academia da Ferrari.

Por causa da programação da Fórmula 1, o formato do fim de semana em Hockenheim terá alterações. Haverá apenas um treino livre na sexta-feira em vez de dois, e serão disputadas duas classificações para duas corridas, a primeira delas no sábado e a segunda no domingo.

Em maio, Petecof já participou de uma rodada tripla da F4 Alemã em Hockenheim e marcou pontos. Em seu primeiro ano no automobilismo europeu, Petecof, que também disputa o Italiano de F4, pode terminar a etapa de Hockenheim entre os dez melhores na classificação geral.

O site oficial da categoria (https://www.adac-motorsport.de/adac-formel-4/) transmite as duas corridas ao vivo, às 12h (de Brasília) de sábado e 5h10 de domingo.

O que disse Gianluca Petecof:
"O fim de semana com a Fórmula 1 será especial, diferente, tanto por ser com a categoria máxima do automobilismo mundial, mas por ser numa pista de tanta importância como Hockenheim. Estamos buscando recuperar uma sequência forte de resultados como na Itália. O formato do fim de semana será um pouco diferente, em vez de dois treinos livres e três corridas, vamos ter um treino livre e duas corridas, por causa da programação da F1. 


De qualquer forma, a pista também deverá ficar diferente por causa da aderência dos pneus da F1, o que deve deixar a pista mais rápida. Teremos uma grande visibilidade correndo no mesmo fim de semana de F1, com a pista bem cheia e todo o show nos bastidores, no paddock, mas o importante é focar no trabalho dentro da pista, o que importa"

Programação* (horários de Brasília):

Sexta-feira, 20 de julho
4h45 - Primeiro treino livre


Sábado, 21 de julho
4h50 - Primeira classificação
5h10 - Segunda classificação
12h - Primeira corrida


Domingo, 22 de julho
5h10 - Segunda corrida

*sujeita a alterações


Honda leva suas principais novidades ao Brasília Capital Moto Week

A Honda marca presença no Brasília Capital Moto Week que acontecerá na capital do Distrito Federal entre os dias hoje  e 28 de agosto e com público estimado em mais de 700 mil pessoas. 

Como destaque, a marca irá expor as recém-lançadas CBR 1000RR Fireblade e a maxi-scooter X-ADV, além da bigtrail CRF 1000L Africa Twin e uma área exclusiva com os históricos modelos do Museu Honda, como a primeira CG 125, apresentada em 1976, além da CB 450 e NX 350 Sahara que ficarão em exposição durante os dias de feira.
Em um stand de 200m², a marca exibirá também seus principais modelos da linha de scooter e alta cilindrada. Os visitantes poderão conferir a família 500, composta pela naked CB 500F, a crossover CB 500X e a sport CBR 500R; a linha 650 "tetra-cilíndrica", com a naked CB 650F e a sport-touring CBR 650F; a família XRE, com os modelos XRE 190 e XRE 300 Adventure, e a crossover NC750X. Estarão expostas também as scooters SH 150i e SH300i.

Durante os dias de evento, uma equipe de atendimento e vendas Honda,  auxiliará o público com informações sobre produtos e serviços na área que compõe o parque de exposições, além de show de acrobacias com a equipe do Força e Ação.
Serviço:
Brasília Capital Moto Week
Local: Parque de Exposições Granja do Torto
Endereço: Granja do Torto - Brasilia/DF - CEP:70297400
Data: 19 à 28 de julho


Mercedes-Benz investe no atendimento dedicado nas oficinas de empresas de ônibus


Referência em ônibus, a Mercedes-Benz potencializa o portfólio de peças e serviços para empresas de ônibus, investindo no atendimento dedicado nas garagens das empresas de transporte coletivo urbano. Os clientes podem escolher entre o atendimento integral, cinco vezes por semana, ou por demanda, conforme a necessidade de sua frota.

O atendimento dedicado é uma modalidade de serviço que conquistou, por exemplo, a Transwolff, tradicional companhia de transporte coletivo urbano da capital paulista. Além de ter adquirido 500 ônibus da marca nos últimos três anos, o cliente conta com o atendimento dedicado integral em sua garagem, por meio da presença constante de um mecânico e um eletricista da Divena, concessionário da rede Center Bus.

Para o cliente, a excelência do atendimento pós-venda é um fator decisivo pela escolha da marca. “O veículo Mercedes-Benz é muito robusto e resistente e dificilmente dá problema mecânico. Mesmo assim, o concessionário Divena nos atende com muita agilidade e presteza, seja com serviço ou reposição de peças, além do atendimento dedicado integral na nossa própria oficina para nos atender rapidamente”, destaca Luiz Carlos Efigênio Pacheco, presidente da Transwolff. “Para quem atua no transporte coletivo urbano, esse tipo de suporte é essencial, afinal, temos que fazer a frota circular, a fim de assegurar o atendimento à população”.

“O mecânico e o eletricista acompanham o dia a dia das empresas de transporte urbano de passageiros, otimizando e acelerando o atendimento às suas demandas”, afirma Silvio Renan, diretor de Peças e Serviços ao Cliente da Mercedes-Benz do Brasil. “Além disso, com uma Sprinter Unidade Móvel equipada com peças básicas e ferramentas de diagnose, o concessionário vai à garagem da empresa de ônibus para realizar manutenção in loco, disponibilizando rapidamente a frota para circular. Isso reduz os custos operacionais e aumenta a rentabilidade para o cliente”.

O atendimento especializado oferecido pela Mercedes-Benz aos frotistas de ônibus inclui também o consultor dedicado BSP, que acompanha o dia a dia dos clientes a fim de ouvir todas as suas demandas. Dessa forma, ele pode otimizar, customizar e antecipar as soluções voltadas à operação e à manutenção dos veículos da frota.

Além do consultor dedicado BSP, os concessionários Center Bus disponibilizam aos clientes a Sprinter Unidade Móvel para serviços de diagnose e manutenção. Este veículo é preparado sobre uma Sprinter devidamente equipada com ferramentas e equipamentos para atender às necessidades dos clientes, com soluções em peças e serviços.

Com a Sprinter Unidade Móvel, a Mercedes-Benz proporciona ao cliente uma transferência de conhecimento por meio do mecânico dedicado que faz o atendimento juntamente com o veículo. Com isso, as manutenções dos ônibus são feitas na própria garagem da empresa, agilizando o retorno dos veículos ao trabalho e assegurando a disponibilidade da frota. Assim, reduz os custos operacionais e aumenta a rentabilidade para o cliente.

O atendimento especializado oferecido pelos concessionários Mercedes-Benzamplia ainda mais as vantagens oferecidas às empresas de ônibus. Por meio da Rede, os clientes têm à disposição três planos de manutenção específicos para ônibus, peças de reposição genuínas e remanufaturadas, assistência 24 horas e diversos outros produtos e serviços. Isso contribui para que as empresas obtenham a maior disponibilidade possível de seus veículos, trabalhando e gerando resultado.

No portfólio de serviços oferecidos pela Mercedes-Benz destaca-se ainda o programa de atendimento emergencial “Service24h”, disponível a clientes dos segmentos de ônibus rodoviários, micro-ônibus e Caminho da Escola. Além de assistência no local da pane ou remoção para serviço num concessionário, com coberturas disponíveis para todos os veículos no período de garantia, a Empresa é a única do mercado a assegurar atendimento in loco, traslado, hospedagem e transporte para o motorista retirar o veículo reparado no concessionário.

O sistema de gestão de frota e rastreamento FleetBoard oferece, como opcional, uma funcionalidade para ônibus. Trata-se da Telediagnose, que identifica eventuais falhas durante a operação e, por meio da Central de Relacionamento com o Cliente, aciona o gestor da frota para propor a melhor solução imediatamente e preservar o veículo.

A Telediagnose capta todas as falhas geradas nos diversos módulos do ônibus (motor, câmbio, embreagem, freio e outros) e envia as informações para a Central de Relacionamento com o Cliente, na unidade da Empresa em Campinas, São Paulo. O monitoramento é contínuo, 24 horas por dia, 7 dias por semana. As falhas são classificadas de acordo com sua gravidade. Conforme a situação, a Central comunica o ocorrido ao gestor da frota, chegando a indicar o envio do veículo a um concessionário quando for necessário. Assim, preserva o produto, garantindo sua vida útil. Caso o cliente concorde, a própria Central já faz a intermediação com o concessionário mais próximo, informando previamente dados do ônibus.

Os serviços de gestão de frota e de custos operacionais oferecidos pela Mercedes-Benz aos clientes também incluem o sistema de telemetria FleetBoard, disponível para ônibus urbanos e rodoviários.

Por meio do Center Bus, é dado todo apoio ao cliente, desde o processo de vendas até o treinamento de seus motoristas e mecânicos, além da disponibilização de oficinas volantes, devidamente equipadas para atender às necessidades de assistência técnica dos frotistas onde eles precisarem.

Volkswagen acelera no segmento de bebidas com venda de 222 caminhões


Os caminhões Volkswagen consolidam seu sucesso no segmento de entrega de bebidas, com representantes desde os leves, com a família Delivery, até os pesados, com modelos Constellation. Recentemente a empresa registrou a venda de 222 veículos para a Cervejaria Cidade Imperial Petropolis, que produz a cerveja Império.


Além do novo Delivery 11.180, os caminhões Constellation 17.230 e 25.420 foram adquiridos para o transporte das bebidas da marca, contando com carrocerias Facchini.


“Nossa parceria com a VW Caminhões é antiga. Como grupo, ficamos muito satisfeitos com os modelos adquiridos e a economia que proporcionam no dia a dia das operações. Além da vantagem no custo operacional, destaco a excelência na prestação de serviços, que nos mantém fiéis à marca”, afirma Cássio de Paula, diretor de Logística da Cervejaria Cidade Imperial Petropolis.

Historicamente a MAN Latin America detém cerca da metade da participação nas vendas do segmento. No ano passado, 70% dos veículos vendidos para transporte de bebidas foram Volkswagen e MAN.

A MAN Latin America foi a primeira montadora a desenvolver veículos vocacionais para a distribuição de bebidas, seguindo o conceito sob medida, para oferecer o melhor caminhão às mais diversas aplicações. Além dos veículos com configuração específica para a distribuição de bebidas, a VW Caminhões aposta também o pós-vendas, com contratos de manutenção sob medida para a aplicação, com o objetivo de proporcionar o melhor TCO, ou Custo Total de Operação, na tradução.

Tour Alpes Europeus' é o roteiro ideal para os amantes de aventuras sobre duas rodas


Um belo passeio através das maravilhosas e cênicas estradas europeias, cruzando vales e os mais famosos passos alpinos. Esta é a proposta da parceria da 2Ride com a Power Motorrad e Triple Triumph para o Tour Alpes Europeus - Low Cost entre 21 e 30 de setembro de 2018.

Com início e término em Erdinger (Alemanha), o mototurista conhecerá algumas das mais charmosas cidades da Alemanha, Áustria, Suíça e Itália, além de conhecer sua cultura e gastronomia e desfrutar de belíssimas paisagens, que somente as estradas e passos alpinos podem proporcionar.

Este Tour é focado para os amantes de duas rodas e permite uma experiência única de explorar o melhor dos Alpes Italianos e Austríacos. Tem como destaque os renomados Passos: Stelvio, Umbrail, Foscagno, Rolle, Grossglockner, Gavia, Croce Domini, além do Lago Hydra, Garda e as maravilhosas Dolomitas, com seus vários passos e estradas deslumbrantes.

A proposta oferecida é exceder todas as expectativas do viajante desde o investimento da viagem... Quem indicar um amigo garante 5% de desconto para a compra de seu pacote e de quem foi indicado. O valor para o casal é de 4.000 €, o que inclui hotéis, aluguel das motos com as 3 malas e seguro, e a dica é consultar as condições para o pagamento em 5x no cartão.

Como regras de segurança, para participar do Tour Alpes Europeus é obrigatório o uso de equipamento completo de proteção: capacete, botas, luvas, jaqueta e calças com proteções. Não será permitido utilizar calça jeans e tênis, por exemplo.

Serviço
Tour Alpes Europeus
Período: de 21 a 30 de setembro de 2018
Roteiro: Alemanha, Áustria, Suíça e Itália.
Investimento: 4.000 € (diária de hotéis, aluguel da moto com as 3 malas e seguro).
Maiores informações: contato@2ride.com.br ou (11) 99586-8093 (Edgar)
Observações: Viagem sujeita ao número mínimo de participantes. Realização da viagem atrelada a condições climáticas

YAMAHA PARTICIPA DO 21° FESTIVAL DO JAPÃO


O Festival do Japão tem como objetivo preservar e divulgar a cultura japonesa e manter as tradições para as novas gerações, representando as 47 províncias que compõem o país.

É considerado o maior festival de cultura japonesa do mundo, realizado pelo KENREN – Federação das Associações das Províncias do Japão no Brasil, e ocorrerá nos dias 20, 21 e 22 de Julho de 2018, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center.

Nesses três dias, o evento reunirá cerca de 200 mil pessoas, apresentando shows musicais, atrações culturais, danças típicas, culinária regional tradicional das províncias japonesas, exposições culturais, workshops, cerimônia do chá e atividades gratuitas para as crianças, jovens, adultos e idosos.

A Yamaha inova apresentando o conceito “Dark Side of Japan” de sua série MT, que revela o lado irreverente e ousado do Japão, típico das noites de Tóquio. E traz uma tecnologia de ponta traduzida em desempenho para os motociclistas brasileiros.

O estande contará com a exposição de alguns modelos de motocicletas e com uma loja de acessórios da marca, como jaquetas, camisetas, capacetes e chaveiros.

Não perca essa oportunidade de participar do maior evento de cultura japonesa do mundo, vá ao festival e visite o estande da Yamaha.
Para mais informações:
www.festivaldojapao.com.br

quinta-feira, 19 de julho de 2018

Coluna do Fernando Calmon - Vencedores e vencidos

Alta Roda nº 1002/352 – 19/07/2018
Fernando Calmon
O balanço de vendas por modelo do primeiro semestre traz novidades. O mercado brasileiro demonstra rápida mutação e assim a coluna reviu alguns critérios, embora mantendo 16 segmentos. Pela baixa procura, as station wagons foram desconsideradas nessa classificação. Hatches médio-compactos também: os três principais modelos juntos encontraram menos de 10.000 compradores nos primeiros seis meses de 2018.

Já os sedãs vêm se diversificando no segmento de compactos, ainda de longe o mais importante, com 52% das vendas totais. Distância entre eixos, principal critério em nosso ranking técnico, tem levado vários sedãs compactos a se afastarem dos hatches de mesma arquitetura. Então, criou-se segmentação especial para aqueles, tanto para compactos quanto médio-compactos. 

SUVs compactos continuam a avançar. Representam agora 13% do mercado brasileiro, sem incluir hatches convencionais “aventureiros” travestidos de utilitários esporte. Todos os segmentos de SUVs já respondem por 20% das vendas totais e, tudo indica, continuarão a avançar nos próximos anos graças aos lançamentos. Seguem tendência do que acontece até mesmo na Europa. 

No período considerado há novos vencedores. Conforme previsão da coluna em janeiro, o Kwid assumiu a liderança entre os subcompactos. O Mustang arrebatou facilmente a posição entre esportivos (usam componentes de modelos de alta produção), enquanto os Porsche 718 Boxster/Cayman voltaram a liderar entre os carros esporte verdadeiros. Mercedes Classe E superou BMW Série 5 por apenas 3 unidades (1 ponto porcentual à frente). 

A base de pesquisa é o Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam). São citados apenas os modelos mais representativos e pela importância do segmento. Compilação de Paulo Garbossa, da consultoria ADK. 

Subcompacto: Kwid, 45%; Mobi, 38%; Up!, 15%. Como previsto, Kwid. 

Compacto hatch: Onix, 24%; HB20, 14%; Ka, 13%; Polo, 9,3%; Gol, 8,9%; Argo, 8%; Sandero, 7%; Fox, 5%; Etios, 3%; Fiesta, 2,4%; March, 2%; Uno, 1,3%; 208, 1%. Líder inconteste. 

Compacto sedã: Prisma, 19%; Ka, 11%; Virtus, 10%; HB20, 9,2%; Voyage, 9,1%; Versa, 7,7%; Etios, 7,1%; Cronos, 6,6%; Logan, 6%; Grand Siena, 5%; Cobalt, 4,9%; City, 4%. Prisma com folga. 

Médio-compacto sedã: Corolla, 43%; Civic, 20%; Cruze, 15%; Focus, 3,6%; Jetta, 3,5%; C4 Lounge, 3%; Sentra, 2,7%; Cerato, 2,4%. Sem ameaças. 

Médio-grande: Mercedes Classe C, 29%; Fusion, 26%; BMW Séries 3/4, 21%. Classe C confirma. 

Grande: Mercedes Classe E/CLS, 37%; BMW Série 5/6, 36%; Panamera, 16%. Reação do Classe E. 

Topo: Mercedes Classe S, 69%; BMW Série 7, 15%; A8, Jaguar XJ e Lexus LS500h, 4%. Empate triplo: 3º lugar. 

Esportivo: Mustang, 79%; Audi TT, 12%; Mercedes SLC, 6%. Mustang vira rei. 

Esporte: 718 Boxster/Cayman, 46%; 911, 35%; Mercedes-AMG GT, 5%. Domínio Porsche. 

SUV compacto: HR-V, 16%; Kicks, 15%; Renegade, 14,8%. HR-V balança. 

SUV médio-compacto: Compass, 52%; ix35/Tucson, 13%; Sportage, 5%. Liderança consolidada. 

SUV médio-grande: SW4, 42%; Equinox, 16%; Discovery Sport, 12%. SW4 tranquilo. 

SUV grande: Trailblazer, 28%; Mercedes GLC, 12%; XC90, 8%. Folga do líder diminuiu. 

Monovolume pequeno: Fit/WR-V, 62%; Spin, 28%; C3 Aircross, 8%. Fit ainda avançou. 

Picape pequena: Strada, 49%; Saveiro, 33%; Oroch, 10%. Strada, dona do pedaço. 

Picape média: Toro, 31%; Hilux, 21%; S10, 18%. Toro viu e venceu.


ALTA RODA

VALORIZAÇÃO do dólar traz impactos agora e nos próximos meses. Custos internos de produção subiram (há componentes importados em todos os modelos nacionais), diminuirão os descontos e, em seguida, aumentos superiores à inflação nos preços sugeridos. Por outro lado, fornecedores aqui instalados serão beneficiados na procura por maior índice de localização de peças. 

GREVE de caminhoneiros de maio expôs a concentração do modal rodoviário no Brasil. Mas é bom lembrar que 11 dias de bloqueio de estradas e saídas de refinarias trariam o caos em qualquer país, mesmo onde ferrovias e hidrovias tenham papel relevante. Nenhuma multa aplicada, por ordem judicial, será cobrada. Isso é bem mais grave que o rodoviarismo em si. 

HONDA CR-V, importado dos EUA, perdeu competitividade em preço, mas apresenta conjunto bem superior à geração anterior. Destaques: motor turbo de 190 cv, espaço interno (inclusive atrás, pelo assoalho plano), suspensão robusta, direção precisa e o essencial freio de imobilização elétrico (evita avanço lento em Drive). Câmbio automático CVT não empolga mesmo. 

DICA para dias de inverno. Para alcançar rapidamente temperaturas confortáveis no interior do veículo deve-se deixar o ar-condicionado desligado e acionar apenas o aquecedor. Em três ou quatro minutos o motor atinge os 90 graus e melhora o ambiente no habitáculo. Se houver embaçamento dos vidros, aí sim se aciona o ar-condicionado: menos de um minuto basta. 

PERFIL
Fernando Calmon (fernando@calmon.jor.br), jornalista especializado desde 1967, engenheiro, palestrante e consultor em assuntos técnicos e de mercado nas áreas automobilística e de comunicação. Sua coluna automobilística semanal Alta Roda começou em 1999. É publicada em uma rede nacional de 85 jornais, sites e revistas. É, ainda, correspondente no Brasil do site just-auto (Inglaterra).
Siga também através do twitter:  www.twitter.com/fernandocalmo fernando@calmon.jor.br e www.facebook.com/fernando.calmon2

BMW Group Brasil e EDP inauguram o maior corredor elétrico da América Latina


O maior corredor com postos de carregamento para carros elétricos da América Latina entra em funcionamento nesta segunda-feira (23), na Rodovia Presidente Dutra. Uma iniciativa do BMW Group Brasil e da EDP, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico, com apoio da Ipiranga, as estações de recarga vão permitir, pela primeira vez, realizar uma viagem completa em veículo elétrico entre as capitais de São Paulo e Rio de Janeiro, as duas cidades mais populosas do Brasil. A iniciativa beneficia também os proprietários de veículos híbridos que optarem por rodar apenas no modo elétrico.

O projeto recebeu cerca de R$ 1 milhão em investimentos totais para a instalação de seis equipamentos de carregamento rápido localizados em postos de combustível Ipiranga, num trecho de aproximadamente 430 quilômetros entre as duas capitais. Com o objetivo de assegurar total autonomia aos veículos eletrificados, as estações de recarga rápida foram posicionadas a uma distância máxima de 122 quilômetros entre si. O tempo estimado para o abastecimento de um veículo com bateria de 22kWh é de 25 minutos para 80% da carga. O abastecimento poderá ser feito por até dois veículos ao mesmo tempo em cada estação. Para carregar, basta conectar o automóvel ou motocicleta, seja elétrico ou híbrido, e iniciar as operações no painel do carregador.

Os carregadores estão localizados nos seguintes postos:

Razão Social
Endereço
Cidade
SAO JORGE DO PARATEI A P E SERV LTDA
Rod Pres Dutra S/N Km 179
Guararema (SP)
AUTO POSTO GAP SAO JOSE LTDA
Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 9500
São José dos Campos (SP)
POSTO CLUBE DOS 500 LTDA
Rod. Presidente Dutra, Km 60, S/N
Guaratinguetá (SP)
POSTO ESTRELA DA DUTRA LTDA
Rod. Pres. Dutra, Km 06, S/N
Queluz (SP)
COMERCIAL H KARL ALLERS LTDA (MAMAO)
Rod. Presidente Dutra, Km 74, S/N
Piraí (RJ)
P ABAST ALLERS LTDA (NACIONAL)
Rod. Pres. Dutra, Km 237
Piraí (RJ)

A BMW é pioneira na comercialização de veículos eletrificados no País, com o modelo elétrico BMW i3 e o híbrido BMW i8, disponíveis no mercado nacional desde 2014. A empresa também esteve à frente na instalação de infraestrutura para carregamento, sendo responsável, junto a parceiros estratégicos, por instalar 100 pontos de recarga no território nacional.

“Ligar as duas maiores metrópoles brasileiras com este corredor elétrico constitui um marco significativo na adoção de uma tecnologia que marcará o futuro da mobilidade, afirma Miguel Setas, presidente da EDP Brasil.

Projeto de Educação Ambiental da Bridgestone impacta mais de 2.000 estudantes


Bridgestone promoveu de 04 de junho a 06 de julho o projeto educacional “Ressignificar”, com foco em meio ambiente e sustentabilidade. A iniciativa, realizada em parceria com a NTICS Projetos, visitou escolas públicas de Santo André (SP), Campinas (SP), São Pedro (SP), Camaçari (BA) e Mafra (SC), alcançando mais de 2.000 estudantes.

A proposta do “Ressignificar” é parte do compromisso global de responsabilidade social da Bridgestone, “Nosso Jeito de Servir”, que se apoia em três áreas prioritárias: pessoas, mobilidade e meio ambiente. “Este projeto é mais uma forma de reforçar nosso comprometimento com as comunidades nas quais estamos inseridos”, comenta Fabio Fossen, presidente da Bridgestone. “Ajudar a construir comunidades mais seguras e saudáveis, e tornar a educação mais acessível e inclusiva é um compromisso que assumimos”, completa Fossen.

Cada uma das cinco escolas contempladas pelo projeto “Ressignificar” recebeu uma área de recreação chamada “Atividades e Habilidades”, desenvolvida com pneus inservíveis. Professores e alunos das escolas participantes do projeto receberam material didático e acompanharam workshops sobre meio ambiente e sustentabilidade, sendo estimulados a trabalhar o tema de forma interdisciplinar em sala de aula ao longo do ano. Ao todo, foram capacitados 80 docentes.

“Propomos um circuito de atividades que promova a reflexão e sensibilização dos participantes no contexto de suas realidades locais, buscando influenciar pessoas e crianças a assumirem o papel de cidadãos voltados para sustentabilidade”, ressalta Ana Carolina Xavier, diretora de projetos da NTICS Projetos.

Complementando as ações da iniciativa, 32 voluntários foram treinados em cada uma das escolas para que sejam mantenedores do espaço “Atividades e Habilidades”

JAGUAR APRESENTA SUPERESPORTIVO F-TYPE COM NOVO MOTOR INGENIUM 300CV


A Jaguar, marca britânica de veículos esportivos de luxo, está ampliando suas opções de produtos para atender cada vez mais os clientes apreciadores de uma condução arrojada. A linha F-TYPE passa a contar a partir de agora com o novo motor Ingenium Turbo de 2.0 litros e 300cv de potência, com tecnologia de última geração.A versão completa a gama de opções de motores do modelo, que contam também com um motor V6 Supercharged de 380cv e um V8 Supercharged de 575cv, que equipa a versão SVR.

O F-TYPE 2.0 mantém o DNA de condução extremamente esportiva característico da linha F-TYPE, sendo um cupê de dois lugares com carroceria em alumínio, tração traseira e centro de gravidade extremamente baixo, que garante muita diversão ao volante.

O motor Ingenium de 2.0 litros e quatro cilindros é equipado com o que existe de mais moderno em tecnologias, permitindo ao modelo desenvolver 300cv de potência e 40,8 kgfm de torque já a partir das 1.500 rotações. Em conjunto com o sistema de transmissão Quickshift de 8 velocidades, o veículo é capaz de sair da imobilidade e atingir 100 km/h em apenas 5,7 segundos, além de chegar aos 250 km/h de velocidade máxima.

O motor Ingenium 300cv não é apenas o motor mais potente de quatro cilindros já oferecido pela Jaguar em um veículo de produção. Ele também gera a mais alta potência específica de qualquer motor da gama F-TYPE: 150cv por litro.

Uma série de tecnologias avançadas permitem ao motor Ingenium oferecer características de alto desempenho acompanhadas de um baixo consumo de combustível. Ele conta com um comando totalmente integrado de válvulas eletro-hidráulico de última geração, com algoritmos de controle patenteados e desenvolvidos pela Jaguar. Essa tecnologia permite o controle totalmente variável das válvulas de admissão, o que extrai toda a potência e torque desenvolvidos pelo motor em toda a faixa de operação.

Como todos os membros da família de motores Ingenium da Jaguar Land Rover, o propulsor 2.0 de 300cv do F-TYPE foi projetado e desenvolvido pela própria companhia. Ele é fabricado no Reino Unido no Centro de Fabricação de Motor da Jaguar Land Rover, juntamente com os motores a gasolina de quatro cilindros com 200cv e 250cv e os motores diesel de quatro cilindros de 150cv, 163cv, 180cv e 240cv.

O motor Ingenium contribui para uma redução geral do peso do veículo de 52 kg — a maior parte do qual está sobre o eixo dianteiro e isso é fundamental para oferecer ao F-TYPE de quatro cilindros ainda mais agilidade.
  
Independente da versão, a linha 2019 do Jaguar F-TYPE apresenta atualizações visuais que dão ao esportivo uma presença ainda mais poderosa. O para-choque dianteiro foi redesenhado, juntamente com a introdução de novos faróis em LED.

Na parte traseira, a versão de quatro cilindros apresenta uma saída de escape exclusiva e distinta dos escapamentos centrais duplos e dos escapes externos quádruplos dos modelos V6 e V8. O modelo é equipado no Brasil com rodas de liga leve de 19 polegadas sob demanda (Pronta entrega: 20 polegadas).

O modelo também passou por leves atualizações em seu interior, com a introdução de assentos mais finos e leves, sistema de infoentretenimento Touch Pro e novos acabamentos em materiais cromados e alumínio, que aumentam a sensação de esportividade a bordo. Um elegante espelho retrovisor sem moldura acrescenta outro toque contemporâneo.

Compacto e potente, o propulsor traz o que existe de mais avançado em tecnologias para total melhora da combustão e redução dos níveis de consumo e de emissões. Isso é obtido graças ao novo sistema de injeção direta de combustível que opera a 200bar de pressão e que trabalha em conjunto com injetores montados centralmente, o que resulta em uma distribuição controlada e otimizada de gasolina.

Mais leve, o Ingenium de 2.0 litros e quatro cilindros contribui para a redução geral do peso do veículo de 52 kg — a maior parte do qual está sobre o eixo dianteiro — o que é fundamental para a agilidade aprimorada dessa versão do F-TYPE. A afinação meticulosa do chassi para complementar o novo motor proporciona uma resposta de direção ainda mais precisa e esportiva.

O sistema de tração exclusivamente nas rodas traseiras, aliado ao sistema de transmissão Quickshift de 8 velocidades com opção de trocas manuais, reforça ainda mais o aspecto esportivo do modelo.

A estrutura rígida de alumínio leve e a suspensão Double Wishbone em alumínio foram sempre fundamentais para oferecer essa dualidade de caráter. Agora, a equipe de desenvolvimento ajustou estrategicamente o chassi para aproveitar ao máximo a economia de peso adicional oferecida pelo novo motor de quatro cilindros.

O sistema de direção assistida por energia elétrica do F-TYPE – uma referência em termos de sensibilidade e resposta – tem uma calibração exclusiva para a versão de quatro cilindros com o objetivo de extrair todos os benefícios da economia de peso e proporcionar melhor tato e resposta. Juntamente com o sistema de vetorização de torque, que pode aplicar a frenagem com controle preciso das rodas internas durante as curvas para reduzir a subviragem, as mudanças tornam o F-TYPE ainda mais envolvente e agradável de dirigir.